Com objetivo de despertar a atenção para a questão da reciclagem, a autarquia Daemo Ambiental preparou um cronograma especial de atividades para crianças e adultos, como forma de conscientizar a população. As ações, que serão realizadas de 17 a 19 de maio, terão como tema “Recriar, reciclar e transformar”.

As atividades da Semana da Reciclagem terão início na quinta-feira, dia 17, às 8h30, com a visita dos alunos da Escola Estadual Capitão Narciso Bertolino à Cooperativa. Já no dia 18, os cooperados da Cooperativa de Trabalho e Produção de Recicláveis da Estância Turística de Olímpia – Amigos da Natureza terão uma manhã especial. Eles assistirão a uma palestra com o tema “Saúde do Homem e da Mulher”, com profissionais da secretaria de Saúde, além de receberem vacinas de hepatite e tétano.

E no dia 19, das 9h às 12h, para finalizar as atividades, a tenda do Daemo Ambiental estará na Praça da Matriz com atividades de pintura de desenhos que estimulam a educação ambiental, oficina de composteira e horta, doação de mudas, adoção de animais e entrega de panfletos informativos.

De acordo com a divisão de Meio Ambiente, é necessário que as pessoas aprendam a importância da reciclagem no mundo atual. “Com o crescimento das indústrias, aumenta também a quantidade de resíduos orgânicos e inorgânicos na sociedade. Devido à grande quantidade de lixo, reciclar se torna uma atitude cada vez mais importante para a manutenção da saúde do planeta e das pessoas”, disse Pollyana Rodero Fernandes, diretora da divisão.

Atualmente, a cooperativa realiza coleta de recicláveis no município e toda população pode colaborar levando os resíduos no Ecoponto, que está localizado na antiga estrada Boiadeira, no Distrito Industrial I, com funcionamento todos os dias das 6h às 18h.

Os Ecopontos são equipamentos públicos destinados ao recebimento voluntário de pequenos volumes de Resíduos da Construção Civil (até 1 m³), resíduos volumosos (sofás, móveis, colchão), eletroeletrônicos, lâmpadas, pilhas, baterias, animais mortos e também funciona como PEV (Ponto de Entrega Voluntária) de resíduos recicláveis como papel, papelão, vidro, plástico, metal e óleo de cozinha usado. “É importante que os descartes desses materiais sejam realizados no lugar próprio, contribuindo assim com o meio ambiente e o município”, afirmou Pollyana.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA