O prefeito da Estância Turística de Olímpia, Fernando Cunha, assinou na tarde de quarta-feira, dia 11, mais um aditivo para a conclusão das obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

O ato foi realizado na capital paulista, na sede da secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado (SSRH), na presença do secretário Ricardo Daruiz Borsari e do novo superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Francisco Eduardo Loducca.

Durante a ida até a capital, o prefeito expôs ao secretário e ao superintendente o avanço dos trabalhos no local e os benefícios que a Estação trará para o município. Há dois meses, Borsari, na época superintendente do DAEE, esteve em Olímpia visitando o canteiro de obras.

Com a assinatura do aditivo, o prefeito garantiu praticamente a totalidade dos recursos do Governo do Estado para a conclusão das obras, que estão sendo realizadas por meio do Programa Água Limpa, cuja gestão passou a ser do DAEE e não mais da SSRH. Ao todo, serão investidos no local aproximadamente R$ 18 milhões, montante que só tem sido disponibilizado em razão do empenho e da persistência do prefeito Fernando Cunha em assegurar com o governador Márcio França uma das maiores obras de saneamento da história do município.

A construção da Estação no município começou em 2011 e estava paralisada desde 2014. O objetivo do equipamento é implantar infraestrutura para o tratamento total do esgoto, uma vez que o município apresenta somente 22,88% de esgoto tratado.

As obras da ETE são executadas pela ETC – Empreendimentos, Tecnologia e Construção Ltda., que também é responsável pela construção do emissário, localizado no prolongamento da Avenida Benatti, que será interligado com a estação com 2.500 metros e já está sendo concluído pela empresa.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA