Quem passar pelo Recinto do Folclore durante o 54º Festival do Folclore de Olímpia vai se encantar com as apresentações dos grupos que virão de todo o país. Mas, o público também poderá se deliciar com uma ampla área de alimentação que promete trazer gastronomia variada e bebidas a preços acessíveis.

Diversos tipos de guloseimas estarão espalhados por todo o recinto. São barracas de cocada, maçã do amor, quebra-queixo, morango com chocolate, churros e muito mais. O evento terá ainda barracas de lanches, espetinhos, porções, crepes, doces e bebidas em geral.

Uma novidade deste ano é que uma nova praça de alimentação será montada em frente ao Palco B “Maria Jesus de Miranda”, próxima à entrada do estacionamento oficial.

Pelo segundo ano consecutivo, a utilização dos espaços e barracas para exploração comercial do evento foi definida por meio de licitação, garantindo mais transparência e dando oportunidade ampla para a disputa dos locais.

????????????????????????????????????

Como de costume, as entidades beneficentes e clubes de serviço terão barracas para comercialização dos produtos e sem nenhum custo. No espaço do Thermas Social (Thermas dos Laranjais), cuja renda será revertida para a Santa Casa de Misericórdia, o público vai encontrar espetos variados, porções, entre outras opções.

Já o Rotary Club de Olímpia, terá a tradicional barraca do vinho com renda destinada aos projetos sociais. Os tradicionais bolinho de bacalhau e espetinho de frango ganharão mais um integrante este ano com o lançamento do bolinho de costela.

Outra entidade que é presença confirmada na festa é a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, que comercializará um cardápio variado na barraca C. A Fenossa trará para o público opções típicas de quermesse como churrasco, kafta, pasteis, espetos e muito mais. Próxima à Fenossa, a ONG SOS Animais também terá um espaço especial para venda de comidas e bebidas com renda destinada a ações de proteção aos animais.

Como já anunciado, o Fundo Social de Solidariedade também vai rechear a Vila Brasil de gastronomia típica. No local, serão vendidos caldos, polenta frita, batata frita, lanche de pernil, água, cerveja, refrigerante, suco, cuiabana com mandioca e farofa, chocolate quente e bolo de cenoura com cobertura de chocolate, canjica e pão de queijo. E na casinha do caipira, serão vendidos pamonha, cural, bolo de milho e café.

Já as outras duas barracas grandes funcionarão respectivamente como restaurante; comércio de comidas típicas brasileiras; e porções, espetos com shows musicais todas as noites.

BEBIDA VARIADA E PREÇOS ACESSÍVEIS

Para ampliar as possibilidades aos comerciantes e ao público, a Comissão Organizadora do Festival manteve a medida adotada no último ano de liberar a marca da bebida a ser comercializada durante a festa, permitindo que o barraqueiro adquira e venda o produto que foi mais viável, desde que não seja em recipientes de vidro.

Além disso, a licitante vencedora deverá praticar os preços máximos de R$ 4,50 a unidade da cerveja lata de 350ml; R$ 5,00 a cerveja lata 550ml e 473ml;  a R$ 3,50 o refrigerante lata 350ml; R$ 3,00 o refrigerante lata 310ml; e R$ 2,00 a água.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA