Os servidores públicos municipais da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia terão um reajuste salarial de 3% sobre os vencimentos básicos para 2018. O projeto de lei que regulamenta o aumento foi aprovado por unanimidade pelos vereadores em uma sessão extraordinária da Câmara, na manhã desta segunda-feira (16).

Além da remuneração salarial, a Prefeitura concederá ainda R$ 200,00 de Auxílio Alimentação, o que representa um aumento de 6,64% nos benefícios dos servidores. A proposta do Executivo já havia sido aceita pelos funcionários na assembleia do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Olímpia (SSPMO) realizada no dia 6 de abril.

O reajuste contempla os servidores efetivos, agente políticos, aposentados e pensionistas e funcionários da autarquia Daemo Ambiental. O retroativo a janeiro deste ano deve ser pago ainda este mês.

Vale ressaltar que o aumento concedido por Olímpia se iguala ou supera a proposta de outros municípios da região como Bebedouro (2,95%), Rio Preto (3%), Barretos (1,87%), Votuporanga (2%), Fernandópolis (2%), e cidades como Mirassol e Severínia, que não terão reajuste nos salários dos servidores.

Segundo o prefeito Fernando Cunha, as negociações para conceder o aumento da Prefeitura, além de repor a inflação, também consideraram as gratificações que o servidor já recebe anualmente.

“Avalio que fizemos uma boa proposta porque, mesmo que não déssemos nenhum reajuste, os funcionários já recebem, anualmente, 2% por todos os benefícios que eles têm como anuênio, sexta parte, licença prêmio, que são ganhos reais. Como nós oferecemos 3%, então, na prática, nós estamos aumentando a folha de pagamento do servidor em 5%. Dessa forma, conseguimos beneficiar os funcionários, mantivemos as condições de acordos anteriores e permitimos que a Prefeitura continue em uma condição financeira equilibrada”, analisa o prefeito.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA