A partir do dia 1º de novembro, os caminhões acima de oito toneladas serão proibidos de circular na Avenida Mário Vieira Marcondes, no trecho entre a Avenida Deputado Waldemar Lopes Ferraz e Rua David de Oliveira (subida) e na Avenida Aurora Forti Neves, trecho entre as avenidas Andrade e Silva e Constitucionalista de 32. O projeto de lei foi aprovado na sessão da Câmara Municipal dessa segunda-feira, 22.

Este era o último trâmite legal necessário para possibilitar a ligação dos semáforos no cruzamento da Avenida Mário Vieira Marcondes com a Rua David de Oliveira, considerado um dos pontos de grande fluxo de veículos da cidade.

De acordo com a Lei nº 4.402, de 24 de outubro de 2018, fica proibida a circulação de veículos articulados e veículos de carga acima de um eixo traseiro vazio ou carregado, pesando acima de oito toneladas, em qualquer horário, nos dois trechos. Serão autorizados somente os veículos para carga e descarga nos estabelecimentos comerciais localizados nesses trechos. A medida é necessária para melhorar o tráfego de veículos e garantir a segurança dos usuários das vias.

Segundo a proposta apresentada, em algumas das vias o fluxo de veículos com cargas excedentes é intenso e grande parte dos caminhões desvia das praças de pedágios nas rodovias estaduais próximas ao município. Além disso, a Av. Aurora Forti Neves é considerada uma das principais vias de nossa cidade, por se tratar de um corredor que dá acesso ao parque aquático Thermas dos Laranjais, e seu tráfego deve ser transitado somente por veículos de passageiros e não de carga. O trânsito de veículos pesados também danifica a pavimentação asfáltica, causando buracos e trazendo transtornos aos munícipes.

Olímpia tem hoje 38.407 veículos documentados circulando nas ruas e avenidas vias do município. “Essas duas avenidas são consideradas os principais corredores de tráfego de veículos da cidade. E seus cruzamentos são perigosos, principalmente nos horários de picos, trazendo riscos aos pedestres e motoristas, por isso é importante a proibição do tráfego dos caminhões, principalmente na Rua David de Oliveira, para que possamos ligar os semáforos e organizar o trânsito de maneira segura”, disse Leandro Gallina, diretor-presidente da Prodem, responsável pelo trânsito.

Ainda nesta semana, agentes de trânsito distribuirão panfletos de orientação para os motoristas de caminhões sobre a proibição do trânsito nos dois trechos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA