Como o Diário havia antecipado na manhã desta sexta-feira (20), não restam mais dúvidas: a tragédia ocorrida no domingo (15), na boate Golden Pub, partiu da provocação da vítima, infelizmente fatal, Everson Luis Nunes Pereira, popular Beiço, de 38 anos, um de seus irmãos, Caíque, um tal de ‘Dentão’, e outras pessoas que o delegado Marcelo Puppo de Paula irá arrolar no inquérito.

Antes da coletiva, o delegado explicou como tudo aconteceu:

Em entrevista, transmitida ao vivo pelo Diário, o delegado contou sobre as imagens da Câmara, a dinâmica dos fatos (como começou e de que forma a briga com o policial militar Torres, que trabalha na capital paulista, estava de folga, e foi provocado na boate) e o que fará, na sequência.

O delegado mostrou que Beiço tinha diversas passagens pela polícia, com prisões. São 12 folhas de ficha corrida. O irmão Caíque, que se envolveu na provocação e será chamado, cinco folhas.

Na filmagem abaixo, reunimos as duas transmissões ao vivo (entrevistas com o delegado Marcelo e o comandante da PM capitão Righetti) e parte da filmagem da boate Golden Pub.

Acompanhe e saiba tudo sobre esta tragédia (ou quase, agora as investigações partem para identificar e indiciar culpados):

A IMAGEM FORNECIDA PELA POLÍCIA, NA ÍNTEGRA:

1 COMENTÁRIO

  1. Concon parabéns pela imparcialidade desde o inicio da informações, vc é jornalista de verdade, as imagens estão ai, não precisa nem comentar.

DEIXE UMA RESPOSTA