EXCLUSIVO / ATUALIZADO – A Polícia Civil de Olímpia prendeu o acusado de latrocínio contra o mototaxista Luiz Fernando Gatti, 26 (foto), no final da tarde desta terça-feira (17), sob a coordenação do delegado-titular Marcelo Puppo de Paula. Houve um acordo com Mateus, já que a própria família estava vivendo um grande drama com ele foragido tanto tempo. A irmã de Mateus, há cerca de dois dias, procurou o delegado para que o prendesse logo. Ele estava morando na casa de uma irmã, em Jaboticabal (SP), e a Polícia Civil estava na mira dele naquela cidade, inclusive havia um plano para prendê-lo na sexta-feira (20), se não houvesse esse acordo.

Trata-se de Mateus Nunes, 21, vulgo Mateus Smith (pela semelhança – sic – com um ator de hollywood), de Severínia.

O delegado titular Marcelo Puppo de Paula concedeu uma entrevista exclusiva ao Diário contando sobre os fatos. Assista:

Mateus havia sido preso em 1º de agosto do ano passado, uma semana após o latrocínio, onde ele, inclusive, havia levado pertences, e até um rádio HT, de trabalho, de Gatti. Conseguiu fugir diante dos policiais.  Ao contrário do que um folhetim divulgou, o delegado não distribuiu áudio à imprensa, e sim o Diário foi primeiramente comunicado e, após a nossa primeira ‘live’, aí sim, comunicados. Confira como foi essa live no plantão da Redação, reveja:

2 COMENTÁRIOS

  1. Tudo bem perdeu o cara tudo bem ,bom trabalho , mais tem uma coisa
    Vcs fica falando que fez acordo com o cara pra se engrandecer para com isso que tá feio , ele se entrego porque ele fiz totalmente diferente doque vcs estão falando , quando for fala fala a verdade que aconteceu , e não oq vcs tá fazendo pra leva uma de bom trabalho

DEIXE UMA RESPOSTA