Como o Diário noticiou em julho passado, e antecipou a visita na edição de ontem, na noite dessa quarta-feira (26), o distrito recebeu, em período eleitoral, a visita do presidente da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), Humberto Schmidt, para “anunciar que no mês de outubro as obras terão início com a construção das novas unidades habitacionais”. Não faltaram ‘elogios’ ao governador, candidato nas próximas eleições.

O encontro reuniu moradores e políticos, e também foi a oportunidade para esclarecer dúvidas. O evento foi acompanhado pelo prefeito Fernando Cunha, vice-prefeito Fábio Martinez, secretários municipais e vereadores.

De acordo com Humberto Schmidt, alguns processos estavam represados, como era o caso de Olímpia. “Mas agora, depois de poucos meses, a CDHU conseguiu chegar no momento para dizer que em poucos meses as obras estarão começando”, afirmou.

Nesta primeira fase, serão construídas 54 unidades habitacionais, mas o projeto total prevê a edificação de 106 casas. A área para o Conjunto Habitacional já havia sido doada pela Prefeitura ao Estado em 2017, inclusive com a entrega da escritura do terreno, no entanto, o município aguardava o andamento do processo na secretaria estadual de Habitação para liberação e início das obras.

Em julho deste ano, o prefeito Fernando Cunha também havia conseguido com o governador Márcio França a liberação do convênio com a CDHU para a construção de novas moradias populares no distrito.  O residencial contará com toda a infraestrutura necessária para os moradores como galerias, água, esgoto, sarjetas e pavimentação. A empresa vencedora do processo licitatório e que será responsável por construir as casas é a Alcance Engenharia e Construções. O valor global orçado pela CHDU é de R$ 6.005.897,84 milhões.

“A conquista da casa própria é uma questão de dignidade para o cidadão. Sabemos que os moradores de Ribeiro dos Santos esperam há muito tempo por essa concretização e hoje viemos anunciar o início da construção no mês de outubro das 54 casas pelo CDHU, um programa do Estado de São Paulo, onde as prestações são menores, as exigências para a inscrição são menores e atende muito mais as famílias com maior carência”, disse o prefeito Fernando Cunha, que “também falou sobre as ações desenvolvidas no distrito e os projetos em andamento”.

“Nesta reunião, discutimos o estágio da licitação do processo das 54 moradias, que serão construídas aqui no distrito, onde acabamos de publicar hoje (quarta-feira) no Diário Oficial do Estado a classificação final. Com isso, no mês de outubro a empresa será autorizada para o início das obras. Aqui no distrito nós tivemos um debate muito interessante junto com moradores, que anseiam e desejam muito essas casas, pudemos esclarecer algumas dúvidas para uniformizar informações, não deixando no ar boatos ou outras informações de que as casas não sairiam ou que estariam com problemas, isso tudo foi esclarecido. Falamos sobre as inscrições, como é feito o sorteio, como serão as obras, cronograma, todas essas dúvidas nós pudemos esclarecer para a população”, ressaltou o presidente da CDHU, Humberto Schmidt.

As inscrições para o sorteio das unidades só podem ser realizadas quando as casas estiverem 74% concluídas, o que deve ocorrer no próximo ano. Todas as informações serão divulgadas antecipadamente para todos os moradores do distrito de Ribeiro dos Santos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA