Da Redação — O próximo dia 20 de novembro não é mais feriado municipal em Olímpia. Em vigor na cidade desde 2008, por meio da Lei 3.328, de 12 de novembro daquele ano, o feriado da Consciência Negra, dedicado à memória de Zumbi dos Palmares, não existe mais.

Geninho Zuliani
Geninho Zuliani

É que, no dia 23 de fevereiro, o prefeito Geninho Zuliani (DEM) enviou à Câmara Municipal o projeto de Lei 4.809, alterando o Artigo 1º da Lei que instituiu o feriado. O artigo 1º do PL, diz que os feriados municipais a partir deste ano serão 2 de março, 24 de junho e Sexta-Feira da Paixão. E os vereadores aprovaram.

O autor do feriado, presidente da AFPMO (Associação dos Funcionários Públicos Municipais) e do Olímpia Futebol Clube (OFC), ex-vereador Antonio Delomodarme, o Niquinha, também à época não colocou obstáculos, e acabou concordando com o prefeito e com o presidente da ACIO (Associação Comercial e Industrial), Flávio Vedovato Arantes, de que o feriado prejudica a atividade comercial da Estância.

A data de 20 de novembro foi escolhida para a celebração do Dia da Consciência Negra por ser esse o dia da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, morto no ano de 1695. O objetivo era fazer uma reflexão sobre o relevo da cultura e do povo africano e o impacto que tiveram na evolução da cultura brasileira.

2 COMENTÁRIOS

  1. Em se tratando do feriado, apesar de ser uma data comemorativa, como tantos outras marcantes na história do Brasil ou ainda do estado e do município, acredito que este feriado não segue bem a essência da data, por um dia lembraríamos da memória daqueles que escravizados deram o primeiro passo para o Brasil tornar-se uma economia ainda que sob os maus tratos dos Senhores de Engenho e Coronéis a época. Porem ainda hoje com toda informação que temos e toda capacidade de inteligencia que se elevou extraordinariamente desde aqueles tempos, ainda muitos infelizmente tratam os negros ou melhor afro-descendentes como se não estivessem em um mesmo nível social que todos, basta uma rápida pesquisa na internet que encontramos estudos e dados sobre, a empregabilidade, renda per capita, escolaridade abaixo da média, nesse ponto acredito que ainda não ha muito o que se comemorar, mas e se ao invés de uma único dia no ano comemorarmos o dia da Consciência Negra, termos esse mesma consciência nos demais 364 dias, ai sim teríamos muito o que comemorar. Isso vale também para o dia da Mulher.
    E ainda na linha de pensamento por todos aqueles que talvez por falta de oportunidade se perderam no mundo e hoje perambulam pelas cidades, pedindo de casa em casa.

  2. Bom Dia,
    Esta dia não deveria ter sido tirado da população, todos nós merecemos ter esse feriado e nos conscientizarmos sobre a a cultura africana, quando esta chegou ao Brasil, e tendo como seu líder Zumbi, falaram que prejudica o comércio de Olímpia, não prejudica em hipótese alguma, pois nesse dia só dá mais prejuízo e dinheiro para os políticos,e não para os comerciantes.
    Os vereadores são a vergonha junto com o criador da LEI que concordou que esta deveria acabar, estes não tem nenhuma vergonha na cara,isso sim, só querem saber de ganhar dinheiro e o restante só se ferrando,vamos dar um basta nisso, vamos reivindicar no direito de reclamar e extinguir essa nova lei,implantada esse ano,BASTA,BASTA,BASTA.
    Eu sou olimpiense, brasileiro,gosto dessa cidade paulista, e tenho todo o direito de falar o que eu penso e que todos também deveriam pensar,sabendo colocar cada um no seu devido lugar,chega de imposição,chega de palhaçada,fora corrupção.
    Tenham um bom dia.
    Obrigado pela cooperação.

Deixe uma resposta para Tadeu Gil Manzato Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here