Cerca de 2,4 milhões de veículos devem circular pelas principais rodovias da região metropolitana de São Paulo no período do Carnaval, de acordo com estimativa da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).  A partir desta sexta-feira (21) as concessionárias de rodovias paulistas implantam a Operação Carnaval Mais Seguro.

No período, haverá reforço nas equipes operacionais, como atendimento médico e mecânico, com número de guinchos e ambulâncias ampliados para atender ao aumento do tráfego de veículos. Inspeções de tráfego e atendimento nas praças de pedágio receberão reforço. As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir das 10 horas de sexta-feira com fluxo acima da média até a madrugada de sábado, dependendo da rodovia.

Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa devem ser checados. É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia.

Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico. É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

Viagens de ônibus

Para quem for viajar com os ônibus do transporte intermunicipal a orientação da ARTESP é ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A entidade vai intensificar a fiscalização nas rodovias para coibir os irregulares. O serviço clandestino expõe os passageiros a vários riscos, uma vez que o veículo não é vistoriado para esse fim e não há garantia de que o motorista seja devidamente habilitado.

Os passageiros que perceberem irregularidades podem entrar em contato com a Ouvidoria da ARTESP (fone 0800.727.83.77 ou e-mail [email protected]). Nas viagens rodoviárias, o passageiro deve manter-se sentado e com cinto de segurança. Também é importante não carregar objetos pontiagudos ou cortantes. As bagagens de mão devem ser acomodadas no porta-embrulhos e as maiores, no bagageiro.

Anchieta-Imigrantes

Para o Carnaval, a expectativa da Ecovias, concessionária que opera o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), é de que entre 360 mil e 550 mil veículos trafeguem pelo SAI. O maior volume de veículos está previsto para sexta-feira (21) a partir das 10h, quando está prevista a implantação da Operação Descida (7×3), que deve permanecer até às 21h de sábado (22). A operação será reimplantada no domingo (23) das 7h às 13h. Nessa esquema, os veículos com destino ao Litoral utilizam as duas pistas da Anchieta (SP-150) e a pista Sul da Imigrantes (SP-160).

Para o retorno dos veículos, será implantada a Operação Subida (2×8) a partir das 17h de domingo (23) até as 23h59. Será reimplantada na segunda-feira (24) das 17h às 23h49; na terça-feira (25) das 9h até a 1h de quarta-feira (26). Nesse esquema, as duas pistas da Imigrantes (SP-160) e a Pista Norte da Anchieta (SP-150) tem a circulação sentido Capital, e a Pista Sul da Anchieta opera sentido Litoral. A inversão de sentido das pistas ocorre apenas no trecho de serra do SAI, entre o km 40 e o km 55 da Anchieta e entre o km 40 e o km 57 da Imigrantes.

Ayrton Senna/Carvalho Pinto

A Ecopistas, concessionária que opera o corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto (SP-070), estima que mais de 1,2 milhões de veículos passem pelas quatro praças de pedágio do trecho sob sua concessão no período de Carnaval. Somente na praça instalada em Itaquaquecetuba há previsão da passagem de 291 mil veículos com direção às cidades do Alto Tietê, Vale do Paraíba, região de Campos do Jornal e Litoral Norte. No sentido interior, a movimentação deve ser maior entre 15h e 19h de sexta-feira (21) e 9h e 12h de sábado (22). Em direção à capital, a previsão é de que o tráfego seja mais intenso entre 11h às 18h de terça-feira (25) e das 13h às 18h de quarta-feira (26).

Tamoios

A Concessionária Tamoios, estima que 165 mil veículos trafeguem na Rodovia dos Tamoios (SP-099) durante o Carnaval. A partir das 13h de sexta-feira (21), será implantado no trecho de serra a Operação Descida, que libera duas pistas sentido litoral e uma sentido São José dos Campos. Para a volta do feriado, a rodovia retoma a configuração normal, com duas pistas sentido São José e uma para o litoral. As obras do trecho de serra serão suspensas a partir das 13h de sexta-feira e no sábado (22). No domingo (23) e segunda-feira (24) poderão ser retomadas, dependendo do fluxo de veículos. Na terça-feira (25), as obras serão suspensas para o retorno.

Anhanguera-Bandeirantes

No Carnaval, a Autoban espera a circulação no Sistema Anhanguera-Bandeirantes de aproximadamente 964 mil veículos, entre saída e chegada à Capital. Na sexta-feira (21), o fluxo deve ser mais intenso entre 14h e 20h e no sábado das 8h às 15h. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego mais carregado na terça-feira (25) das 13h às 20h e na quarta-feira (26) das 10h às 18h.

No domingo (23) e na terça-feira (25) os caminhões que seguem com destino à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Anhanguera (SP-330) no trecho entre o km 48 e o km 23, entre Jundiaí e São Paulo. A Anhanguera deve ser acessada na saída 48 da Rodovia dos Bandeirantes.

Castelo-Raposo

Segundo estimativa da concessionária ViaOeste, que administra o Sistema Castello-Raposo, na saída de São Paulo, o motorista deverá enfrentar tráfego intenso na sexta-feira (21) entre 13h e 23h e no sábado (22), das 8h às 17h. A estimativa da concessionária é de que 779 mil veículos trafeguem nas rodovias Castello Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270) no fim de semana prolongado. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego intenso na terça-feira (25), das 13h às 20h, e na quarta-feira (26), das 12h às 20h.

Emergências

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 8,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here