O prefeito de Rio Preto Edinho Araújo assinou novo decreto municipal que autoriza o início da flexibilização gradual de algumas atividades econômicas de menor impacto na concentração de pessoas. O documento foi publicado no Diário Oficial do Município nesta quinta-feira, dia 16, passando ter validade imediatamente.

Na prática o decreto municipal se adequa ao que é permitido pelo decreto do Estado de São Paulo.

A partir de agora ficam permitidas atividades que se enquadram nos setores de óticas e lojas de produtos ortopédicos e similares; bancas de revista/jornais; escritórios de advocacia, contabilidade e imobiliárias (com acesso restrito); lojas de materiais de construção; lavanderias; barbearias e cabeleireiros com limitações (agendamento de clientes e uso obrigatório de máscaras especiais número 95 pelos atendentes); todos os comércios de alimentos (bares, lanchonetes e restaurantes com atendimento presencial, sem consumo no local); hotéis; estacionamentos; produtos agropecuários; consultórios e serviços odontológicos; assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e comércio de peças, acessórios para carros, motos e bicicletas.

O que chama a atenção é a flexibilidade para os hotéis – ainda não liberados em Olímpia, em meio a um decreto que libera “algumas atividades econômicas de menor impacto na concentração de pessoas”.

O setor de hospedagem em Olímpia ainda pressiona a Prefeitura a também liberar as suas atividades, conforme informações obtidas pelo Diário, hoje.

Pelo decreto assinado ontem, o Governo do estado deixa claro que Hotelaria em questão não é para fins turísticos.

Notou-se a movimentação de alguns empresários do setor hoteleiro hoje no Gabinete do prefeito de Olímpia, Fernando Cunha.

DECRETO RIO-PRETENSE

As novas atividades permitidas devem, no entanto, sujeitar-se às regras gerais de higiene e distanciamento social já previstas: garantir aos funcionários o uso de máscaras, de tecido ou descartáveis; assegurar que os clientes só entrem no estabelecimento usando máscaras; respeitar a distância de 1,5 metros entre as pessoas no interior do estabelecimento e a disponibilização de álcool em gel 70 no estabelecimento.

THERMAS EM JULHO

Informações obtidas pelo Diário dão conta que, segundo a tendência dos demais parques aquáticos do mundo, o Thermas dos Laranjais de Olímpia já teria deixado claro que só retorna também em julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here