Considerada uma das áreas mais impactadas pela pandemia da Covid-19 e que mais divide opiniões sobre a retomada, o retorno das atividades presenciais nas escolas tem sido amplamente discutido em todo o país. Dessa forma, buscando saber a opinião da população olimpiense sobre o assunto, a Prefeitura de Olímpia realizou, nesta semana, uma enquete online sobre o tema: VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS DA REDE MUNICIPAL: Você é A FAVOR ou CONTRA?

A enquete, que ficou ativa por dois dias, foi realizada na página oficial da Prefeitura no Facebook com encerramento nesta quinta-feira (13). No total, foram computados cerca de 4,8 mil votos, sendo 4,4 mil CONTRA e 306 A FAVOR, o que representa 94% de rejeição ao retorno das aulas e apenas 6% de aprovação.

O objetivo da ação foi de ampliar o debate, abrindo a oportunidade de participação aos pais e responsáveis de alunos matriculados na rede municipal de ensino, bem como da população em geral.

As atividades escolares presenciais estão suspensas em praticamente todo o país, desde março. Em Olímpia, as aulas da rede municipal foram adaptadas com atividades remotas que são preparadas pelos professores e retiradas pelos pais nas escolas, semanal ou quinzenalmente, para garantir o aprendizado e o cumprimento do ano letivo. O trabalho tem demandado grande empenho dos profissionais da Educação e ampla participação dos pais, mas foi a alternativa encontrada para proporcionar o ensino e, ao mesmo tempo, a proteção da saúde dos alunos, professores e funcionários.

Segundo o prefeito Fernando Cunha, o retorno às aulas só deve ocorrer quando houver segurança em relação ao Coronavírus e o resultado da pesquisa comprova que os pais e a população concordam que ainda não é o momento para a retomada.

“Nós estamos consultando os pais, os professores, os funcionários da educação com relação à volta das aulas, mas se nós não tivermos condições seguras para os profissionais e para as crianças, nós não vamos voltar. Os pais podem ficar seguros que da nossa parte nós somos muito responsáveis com a vida dos filhos que não tem preço, e não há porque arriscar com 1, 2 meses de aula. Nossa ideia é continuar com o ensino à distância naquilo que é possível, ao esforço dos pais, ao esforço dos professores, mas é o que nós podemos fazer. Nós estamos ouvindo a população que já demonstrou que não quer a volta das aulas presenciais. Estamos mantendo o diálogo aberto com as autoridades da área e buscamos saber a opinião da população e, enquanto isso, seguimos com o trabalho remoto e dedicado dos nossos professores e com as melhorias em algumas unidades, além da instalação de ar-condicionado em todas as escolas municipais. Neste momento, devemos colocar a vida dos nossos 6 mil alunos, funcionários e profissionais da Educação em primeiro lugar”, declarou o prefeito.

Com a finalização da enquete, os votos e todos os comentários com sugestões e opiniões serão encaminhados às autoridades responsáveis para análise e para auxiliar nas diretrizes da educação municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here