O Governo do Estado abre neste mês um Hospital de Campanha em Bebedouro, para atendimento exclusivo a pacientes com o novo coronavírus. A autorização para a assinatura do convênio, que totaliza R$ 6,4 milhões, aconteceu nesta segunda-feira (3), com a participação do vice-governador Rodrigo Garcia e do deputado federal Geninho Zuliani (DEM-SP). Confira o vídeo e leia mais informações abaixo:

Na assinatura do convênio, estavam o prefeito de Bebedouro, Fernando Galvão; o presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata, e o deputado federal Geninho. “Ao meu lado, o deputado Geninho que foi fundamental para que esse momento chegasse e ao Henrique Prata pela parceria que, a partir de agora, vai atender toda a nossa região”, disse o prefeito.

“Realmente, o Geninho teve todo o trabalho de articulação para que tudo corresse bem e chegasse a esse dia”, afirmou Henrique Prata. “Os processos são lentos, burocráticos, e o Geninho foi fundamental para acelerar, temos muitos pacientes em Barretos e agora serão tratados na casa deles, em Bebedouro”, acrescentou.

O deputado federal Geninho agradeceu o empenho do governador João Dória e ao vice Rodrigo Garcia, e o empenho de todos “nas boas parcerias em prol da saúde de todos, agora em Bebedouro combatendo essa terrível pandemia”.

A NOVA INFRA CONTRA A COVID-19

Com 20 leitos de UTI adulto e 20 leitos de enfermaria clínica, o novo serviço será gerido pela Fundação Pio XII, conveniada à Secretaria de Estado de Saúde e com expertise em gestão hospitalar. A entidade será responsável pela assistência a pacientes com COVID-19, na região de Barretos.

“É com alegria que vamos assinar esse convênio, reforçando o atendimento a pacientes de COVID-19, no Interior do Estado. O novo hospital é uma grande conquista para Bebedouro e região”, disse o vice-governador. É a primeira vez que o município terá leitos de UTI – Unidade de Terapia Intensiva.

“Com este novo hospital de campanha de caráter regional, garantimos 40 novos leitos para casos de internação de COVID-19, incluindo os pacientes graves que necessitarem de Terapia Intensiva”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn.

Já foram adequadas as rede de gases medicinais e o espaço será equipado com leitos, respiradores e monitores. O valor do convênio será repassado em três parcelas.

A unidade funcionará em parte da estrutura do Hospital Estadual de Bebedouro, cujas obras estão com 82% de execução e totalizam investimento de R$ 11 milhões, nesta segunda fase. Em pleno funcionamento, o hospital atenderá uma população em torno de 500 mil pessoas, de 30 municípios da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here