Considerada uma das maiores obras de melhoria estrutural da Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, a reforma e a modernização do Centro Cirúrgico “D. Naime Curi Aidar” serão oficialmente entregues para uso da população olimpiense e de toda a região, que é atendida pelo hospital.

O local, que está em funcionamento desde 1975, passou pela primeira vez, em mais de 40 anos, por uma reforma completa. As obras tiveram início em outubro do ano passado e foram feitas, cautelosamente, por etapas para não interromper o funcionamento e não prejudicar o agendamento de cirurgias.

Os trabalhos foram executados com recursos próprios do hospital, além da doação do HB Saúde e apoio do Grupo Tereos, intermediados pelo prefeito Fernando Cunha. A cerimônia de entrega será nesta quinta-feira (14), às 16h, ocasião na qual também o médico Nilton Martinez receberá uma homenagem por ser o cirurgião mais antigo em atividade na instituição.

A obra modernizou as instalações para oferecer uma estrutura mais adequada, melhorando a qualidade de atendimento, tendo em vista que o Centro Cirúrgico realiza uma média de 300 procedimentos cirúrgicos por mês. A readequação visou favorecer a operacionalização do Centro Cirúrgico e suas alas, contemplando Vestiários; Banheiros; Sala de Recuperação Pós-Anestésica; Farmácia; três Salas Operatórias; Sala de Parto e Pré-Parto; Sala de Reanimação Neonatal; Sala de Equipamentos; Depósito de material de limpeza; Sala de Pequenas Cirurgias; Sala de Conforto; e Sala Administrativa.

O espaço reformado também conta com alas de suporte como Sala de Recepção do Centro Cirúrgico; Sala de Espera para familiares e Central de Material e Esterilização. Todo o local recebeu melhorias nos revestimentos; adequação hidráulica; instalações elétricas; e instalações de água e esgoto, de acordo com as normas hospitalares e da vigilância, além da aquisição de novos equipamentos para melhoria do atendimento.

De acordo com o prefeito Fernando Cunha, que tem acompanhado as obras e auxiliado na viabilização de recursos, a intenção é proporcionar adequações estruturais para que o hospital amplie o atendimento, mantenha o equilíbrio financeiro e ofereça melhores serviços.

“Desde o início, nossos esforços têm sido no sentido de melhorar a qualidade do atendimento prestado e equilibrar as contas da Santa Casa. Atuamos em uma gestão participativa com o provedor do hospital, Luiz Alberto Zaccarelli, disponibilizamos recursos municipais e buscamos parcerias com outras lideranças e a iniciativa privada para equipar o hospital e, assim, torná-lo uma referência. A intenção é movimentar os atendimentos particulares para gerar receita e, assim, poder ampliar também o acolhimento do SUS e propiciar, cada vez mais, a manutenção dos melhores serviços de saúde à população”, destacou o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here