Como já divulgado em primeira mão pelo Diário dias atrás, o GR Group, um dos maiores grupos do setor imobiliário e da indústria do entretenimento e do turismo no país, acaba de anunciar um plano robusto para fortalecer ainda mais o desenvolvimento e a expansão de dois importantes destinos turísticos do interior de São Paulo: Olímpia e Barretos.

Para Olímpia, o grupo, que já idealizou um dos maiores resorts da cidade e do país, o Wyndham Olímpia Royal Hotels, apresenta seu novo empreendimento de incorporação hoteleira, o Royal Prime Thermas Resort & Spa, com 600 apartamentos e VGV* de R$ 720 milhões. (*VGV, valor calculado pela soma do valor potencial de venda de todas as unidades de um empreendimento a ser lançado).

Para Barretos, onde administra o Barretos Country Thermas Park, segundo maior parque aquático de águas termais da região e um dos principais complexos de entretenimento e lazer para família do interior paulista, o grupo informa um investimento de R$ 250 milhões dentro de três anos, que promete mais que dobrar a capacidade do empreendimento.

As novidades, que devem mexer bastante com o mercado, foram anunciadas durante a recente passagem do governador de São Paulo, João Doria, e do Secretário de Turismo e Viagens Vinicius Lummertz por Olímpia e Barretos.

Um resort cheio de estilo

Contemporâneo, “instagramável”, inclusivo, sustentável e pensado para oferecer experiências de férias realmente inesquecíveis, formatado para redes sociais. O Royal Prime Thermas Resort & Spa, novo resort do GR Group, vem para surpreender o mercado de incorporação hoteleira, diferenciando-se em personalidade e propósito.

O empreendimento teve sua pedra fundamental lançada na sexta-feira (3), em cerimônia que contou com a presença da diretoria do GR Group, sócios e autoridades. Gustavo Rezende, CEO do GR Group, explica que o Prime será um resort antenado com as reais necessidades da geração Y*.

“Investimos toda nossa energia na concepção deste projeto, porque temos identificado cada vez mais a presença dos millennials no perfil das famílias que viajam. Essas pessoas são mais conectadas, têm propósitos, defendem causas, são preocupadas com as questões ambientais, e, muito mais do que comprar uma diária de resort, elas querem adquirir e somar experiências. O Prime foi pensado considerando todas essas características”, anuncia Rezende.

*(Geração Y e Millennials: A geração Y abrange os que nasceram entre os anos 80 e 90, quando o mundo se tornou essencialmente tecnológico, quem nasceu entre 1981 e 1996)

O objetivo é transmitir para os hóspedes, desde a chegada, a percepção de se estar em um resort com espírito jovem, descolado, cool, sustentável. A natureza estará presente em cada ambiente, norteando desde o design de interiores até os projetos arquitetônicos e paisagísticos, com melhor aproveitamento da luz natural e uma paleta de cores que reforça a conexão do moderno e do urbano com a natureza, em perfeita harmonia.

Outro diferencial do Royal Prime é que ele será o primeiro resort pet friendly de Olímpia, com hotel e área de convivência exclusivos e profissionais capacitados para o cuidado dos animais de estimação dos hóspedes durante toda a estada.

Com VGV de R$ 720 milhões e estimativa de gerar 750 empregos diretos, o Royal Prime Thermas Resort & Spa terá 600 apartamentos de 1 e 2 dormitórios, distribuídos por quatro torres de 12 pavimentos, com uma capacidade para hospedar até 2,2 mil pessoas.

A incorporação do resort será dividida em duas etapas. As vendas terão início em outubro, no sistema de frações imobiliárias (multipropriedade), com entrega da primeira etapa prevista para 2025.

A área de lazer para esta primeira etapa contará com quatro piscinas, três ofurôs, spa, academia e brinquedoteca. Na parte gastronômica, além do restaurante principal, o empreendimento terá lanchonete, bar molhado, sorveteria e cafeteria. Está prevista também a construção de um mall integrado ao resort, com lojas e serviços (para a segunda etapa, todos os itens da área de lazer serão duplicados).

Pioneirismo em Olímpia

Com uma rede hoteleira superior a 34 mil leitos, segunda maior do estado, inferior apenas a de São Paulo, Olímpia virou um dos principais destinos turísticos do país. Além de hotéis e resorts de todos os portes, atualmente a cidade é conhecida por abrigar alguns dos maiores e mais visitados parques do Brasil e, recentemente, foi escolhida pelo Governador João Dória para ser o primeiro Distrito Turístico do Estado de São Paulo, mudança que criará melhores condições para a cidade impulsionar seu desenvolvimento no setor de turismo pelos próximos anos.

Gustavo Rezende na cerimônia do governador João Doria, em Barretos

Em 2008, o Grupo, por meio de seu presidente, Winston Rezende, decidiu investir em Olímpia ao identificar seu potencial para o turismo, e ao mesmo tempo, uma carência na oferta de leitos. Até aquele momento, o município não contava com nenhum resort de grande porte capaz de atender a uma demanda maior de turistas.

Ali começava um sonho, que mais tarde se materializaria no Wyndham Olímpia Royal Hotels, o primeiro resort com bandeira internacional de Olímpia, um sucesso de vendas e um verdadeiro colosso, com 960 apartamentos e uma área de lazer que conta com 11 piscinas climatizadas, 8 ofurôs, spas, salas de jogos, academias, lojas, um centro gastronômico com dois restaurantes e outros seis pontos de alimentação, além de oferecer um acesso direto e exclusivo para o parque aquático Thermas dos Laranjais.

“O Wyndham Olímpia Royal Hotels representou uma virada de chave, pois foi um dos nossos primeiros empreendimentos de hospitalidade comercializado no sistema de multipropriedade, o que nos permitiu estabelecer várias parcerias e expandir nossas operações para outras regiões do país, como o Sul e o Sudeste”, explica o CEO do grupo, Gustavo Rezende.

Barretos: expansão hoteleira e novas atrações

O Barretos Country Thermas Park conta, atualmente, com 216 apartamentos, dois terços deles distribuídos em duas torres que foram construídas pelo GR Group, desde que o grupo assumiu o controle do complexo, em 2017. O objetivo do grupo é aumentar a capacidade hoteleira alcançando a quantidade de 500 apartamentos até 2023.

Com isso, a expansão representa mais que o dobro do porte atual, ampliando sua autonomia de receber para até 2 mil hóspedes e gerando mais de 700 empregos diretos. O projeto conta com investimento em novos equipamentos e atrações envolvidas em um storytelling com a temática Country.

Ao todo, o complexo receberá R$ 250 milhões em investimentos para sua expansão. O objetivo do grupo é consolidar a região que abrange Barretos e Olímpia (distantes apenas 50 quilômetros) como polo turístico, como acontece em outros destinos consolidados internacionalmente como Orlando e Cancun, e, dentro do Brasil, Caldas Novas com Rio Quente e Canela com Gramado.

O GR Group é um dos maiores grupos do setor imobiliário e da indústria do entretenimento e do turismo no Brasil. Suas operações estão presentes nos principais destinos turísticos do país e são concentradas em hotéis, resorts, parques, loteamentos e comunidades planejadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here