A prefeita Paula Lemos, de Barretos, em entrevista ao programa “A Verdade Total”, de O Diário Online (Grupo Monteiro de Barros), sábado passado (21), eximiu de culpa o prefeito Fernando Cunha e o deputado federal Geninho Zuliani por Barretos ter perdido a Estância Turística de Olímpia da Região Metropolitana que deverá ser sancionada nesta terça (24) pelo governador João Doria, ao contrário de setores da imprensa e da política daquela cidade.

“O deputado federal Geninho Zuliani teve 900 votos em Barretos, existem outros que também foram votados e não tem feito tanto quanto Geninho, o que o nosso vice-governador Rodrigo Garcia tem feito, inclusive pela região, não entendo ao contrário e vou demonstrar isso”, disse a prefeita Paula.

A prefeita cita um ‘momento difícil do início da pandemia do Covid-19’ quando o Hospital do Amor tinha apenas 52 leitos que atendia toda a região, o presidente Henrique Prata demonstrou o déficit da instituição, e que seria crítico manter esses leitos ainda mais perante à pandemia. “Quem abriu as portas para que a gente pudesse estar conversando com o Rodrigo Garcia foi o Geninho, que nos atendeu a assumiu a complementação no valor do leito UTI Covid para toda a população, não só de Barretos, mas Bebedouro, Olímpia, que ainda permanece na DRS-Barretos”, esclareceu.

Sobre a futura Região Metropolitana de Rio Preto, que inclui Olímpia e Severínia, ainda pertencentes à Região Administrativa de Barretos, a prefeita disse que “não exclui as outras divisões regionais, Educação, Saúde, Assistência Social, apenas é uma nova forma de dividir o Estado para pensar em políticas públicas em conjunto, e se Olímpia entendeu que ela quer isso com Rio Preto, não impede que a gente vá manter um bom diálogo com Olímpia, afinal temos essa visão turística juntos”.

Ainda enumerando as ações do deputado federal Geninho e do vice-governador Rodrigo em benefício de sua cidade, a prefeita Paula disse que eles “abriram as portas para complementarem o valor do que garante o imprescindível, vidas humanas, o cuidado com a nossa população, assim como, com o deputado Rogério, estão viabilizando R$ 3 milhões para a construção de nosso Postão que vai atender 122 mil vidas de forma mais adequada, no espaço sonhado e desejado que todos os barretenses tem”.

Outra ‘grande conquista’ citada pela prefeita barretense, onde Geninho e Rodrigo estão participando, “é mais um sonho do barretense, que será o asfalto entre Barretos e Jaborandi, e que beneficiará as cidades no entorno que poderão consumir em Barretos sem passar pelo pedágio de Colina, motivando ainda mais o agronegócio, os produtores rurais”.

A FATEC Barretos é outro ponto citado pela prefeita da qual participou para a sua efetivação o deputado federal Geninho Zuliani: “Eu participei de sete reuniões com a professora Laura, com o Henrique Filho, com o deputado, a respeito de nossa FATEC, que hoje é uma realidade, temos alunos cursando gestão hospitalar. Geninho participou de uma das reuniões para que Barretos tenha uma faculdade de Tecnologia gratuita, que traz desenvolvimento, conhecimento”.

Voltando ao tema da Saúde em Barretos, Paula novamente cita a participação do deputado olimpiense: “Geninho estava diretamente envolvido com mais de R$ 2,5 milhões para a nossa UTI neonatal, e aqui eu falo com muita propriedade da importância porque tive uma sobrinha que precisou de uma UTI Neonatal”.

Paula Lemos prossegue: Então o deputado Geninho tem sido, sim, muito parceiro de Barretos, são inúmeros os benefícios, como também os R$ 2 milhões para o nosso Distrito Industrial que gerarão emprego, fruto da emenda do Geninho, que faço questão de falar essas coisas, porque falar que o deputado não olha para Barretos, eu não entendo assim, vejo ao contrário, abrindo portas junto com o vice-governador Rodrigo Garcia”.

Na questão da retomada da economia e da busca de ser Estância Turística de Olímpia, a prefeita Paula Lemos também cita o deputado e o vice-governador, inclusive na tentativa d realizar um ‘evento-teste’ Covid no Parque do Peão no final de agosto com a presença apenas de barretenses, mas que Os Independentes, gestor da Festa do Peão, não concordou por não dispor de apoio financeiro.

“O Rodrigo me escutou muito com relação a essa questão do evento-teste, da importância de Barretos continuar sendo referência nacional e mundial no Rodeio, tem também escutado a nossa reivindicação com relação à Estância turística, que traz um novo viés além da ajuda econômica, temos conversado com Rodrigo e Geninho sobre esse assunto”.

SAÍDA DE OLÍMPIA

Acerca da escolha de Olímpia ir para a Região Metropolitana de Rio Preto (a ser sancionada por Doria nesta, 23), a prefeita de Barretos faz uma crítica da gestão pública de sua cidade, principalmente de gestões anteriores: “A saída de Olímpia ocorreu ocorreu fruto, talvez, não dessa gestão que só tem sete meses, mas de avaliação que eu recebi, Barretos é hoje uma cidade endividada, uma cidade que não faz os investimentos de forma adequada, com os piores gráficos de endividamento do Estado de São Paulo, então não fruto dessa gestão, talvez uma gestão passada, e quando a pessoa analisa a cidade, com esse cenário Olímpia preferiu ir para Rio Preto”.

Paula Lemos conclui esse tema: “Estamos trabalhando para o contrário, para mudar essa realidade, queremos uma cidade pujante, com responsabilidade, uma cidade que paga suas contas, e aí faço mais uma colocação para o barretense: temos os dados comprovados que Barretos pagava só de juros e multa, que não pagava o parcelamento, um prejuízo de R$ 2,5 milhões, que nós não temos mais, que nós pagamos as nossas contas em dia, isso é responsabilidade com o dinheiro da nossa população, e com isso a gente pode fazer investimentos, como por exemplo a contrapartida do Postão que será em torno de R$ 2 milhões”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here