Iniciado no dia 23 de outubro, o Arrastão de Combate à Dengue e ao Escorpião, promovido pela Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, percorreu bairros de todas as regiões do município e realizou a retirada de 405 caminhões de lixo e entulhos.

O mutirão, que foi uma ação conjunta das secretarias de Saúde, Obras, Engenharia e Infraestrutura, Administração e Daemo Ambiental, promoveu recolheu uma média de mais de 100 caminhões por semana com o objetivo de eliminar criadouros de dengue e escorpião, bem como a sua proliferação.

De acordo com o balanço divulgado pela secretaria de Obras, Engenharia e Infraestrutura, os caminhões coletaram materiais que pudessem servir como criadouros de dengue, como pneus, garrafas e recipientes móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, restos de madeira, peças de metal, colchões, sofás e recicláveis (sucatas) e entulhos de construção civil das residências da cidade.

Além disso, foi também retirado um caminhão com entulhos em cada distrito (Baguaçu e Ribeiro dos Santos). O setor ressalta que será realizado um repasse em Baguaçu e Ribeiro. A data ainda não foi definida em virtude da emergência para retirar árvores e galhos caídos devido a intemperes climáticos..

CASOS EM OLÍMPIA

De acordo com os dados da Vigilância Epidemiológica, o município registra 17 casos positivos de dengue e dois de chikungunya. O mesmo balanço aponta que durante o ano foram registrados 203 acidentes com escorpiões. Os dados apresentam redução em relação a 2016, quando foram registrados 188 casos de dengue e 266 acidentes com escorpiões.

Para a secretária de Saúde, Sandra Lima, os resultados do arrastão são significativos e tendem a corroborar a evitar incidentes de dengue.

“Em comparação ao ano passado temos uma redução significativa e temos que continuar com este trabalho. O período das chuvas é propício para a proliferação do mosquito e do artrópode e, por isso, é fundamental que após o arrastão os munícipes mantenham os quintais limpos e a Saúde siga realizando os trabalhos de combate à dengue e ao escorpião”, salienta a secretária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here