A Estância Turística de Olímpia deverá ganhar ainda em 2021 o seu primeiro Fook Park, o Roots (raízes, em inglês), com 2.100 metros quadrados de área em pleno Vale do Turismo, ou seja, Avenida Aurora Forti Neves. Só de estacionamento serão 700 metros quadrados. As obras já se iniciaram, houve atraso por causa da pandemia no atraso de fornecimento de materiais, mas o cronograma está sendo retomado. Confira a entrevista completa abaixo:

O Diário entrevistou os empreendedores Lucas Fossalussa Lisse e Túlio Braga que, inclusive, deram mais detalhes do empreendimento e até ‘spoilers’ de parceiros já confirmados. A entrevista foi realizada com protocolos de segurança e higiene.

O Diário já tinha anunciado, com exclusividade, que a tendência da ‘comida de rua’ chega à Olímpia com conceito totalmente novo, saindo da mesmice de ‘estacionamento que oferece diversas opções de alimentos em um único espaço’, já que, os jovens empreendedores Lucas Lisse e Túlio Braga, após pesquisarem o que já existe pelo País, trazem, além de espaços fixos e volantes, áreas comuns para encontro, lazer, inclusive um coreto na área central, com projeto assinado pelo arquiteto Júnior Aguiar.

Os ‘food trucks’, comida de rua, começaram a surgir pelos idos de 2015, com maior popularização, mas vieram problemas diversos, inclusive sanitários, além de despesas como combustível, aluguel de espaço, energia, entre outros. Daí, surgiram os food parks, abertos todos os dias, dom diversos veículos, culinárias diferentes, em um único espaço.

Lucas Lisse

Lucas. que é advogado, conta que a ideia nasceu quando, em suas viagens, conheceu foods parks, locais que integram “grande variedade de comida, música, entretenimento, em um só local, e por que não em minha cidade, Olímpia?”. O sonho se tornou realidade: “Ao ver o projeto montado pelo Júnior Aguiar nos emocionou, e tenho a certeza que Olímpia receberá o Roots de braços abertos”.

Túlio Braga

Por sua vez, Túlio já faz parte do comércio por causa da mãe, Clarice Fashion Hair, há trinta anos em Olímpia. Hoje está em Piracicaba (SP), trabalhando na área turística: “A escolha foi pensar realmente na família que vem à Olímpia, algo diferente, experimentar comidas diferentes, um espaço aberto, inclusive depois do que estamos passando na pandemia, esse conceito de comércio aberto será tendência e já estamos implementando”.

Os pontos de venda já estão ocupados, com bares (um na frente, outro atrás), há seis parceiros que assinaram o pré-contrato. Aos poucos, serão anunciados em breve, inclusive pelo Diário. Grandes empresas, inclusive com patrocínio de grande cervejaria, estão sendo fechados. Alguns deles: Bambi Sorvetes (Dona Morena), Luan Scarpinetti, Mui Amigo Hamburgueria, Koala Cook, Vila Dionísio (a coxinha mais famosa), Espaço Kids, Churros, Pipoca Gourmet.

E não é por acaso que a escolha recaiu sobre ‘Roots’ para denominar o primeiro Food Park de Olímpia. Lucas explica que “raízes, em inglês, é bem simbólicos, tem um forte apelo familiar, somos muito ligados em nossos familiares, em nossa cidade, por isso vamos crescer com raízes forte, aquecendo motores e a economia da Estância, um empreendimento para todos, encravado bem na área nobre conhecida como ‘Vale do Turismo’, perto dos parques, hotéis, Resorts, e ao alcance de qualquer olimpiense ou visitante”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here