A Estância Turística de Olímpia deverá ganhar, provavelmente ainda no primeiro semestre deste ano, o seu primeiro Fook Park, o Roots (raízes, em inglês), com 2.100 metros quadrados de área em pleno Vale do Turismo, ou seja, Avenida Aurora Forti Neves. Só de estacionamento serão 700 metros quadrados. Confira no vídeo exclusivo do Diário de Olímpia:

A tendência da ‘comida de rua’ chega à Olímpia com conceito totalmente novo, saindo da mesmice de ‘estacionamento  que oferece diversas opções de alimentos em um único espaço’, já que, os jovens empreendedores Lucas Lisse e Túlio Braga, após pesquisarem o que já existe pelo País, trazem, além de espaços fixos e volantes, áreas comuns para encontro, lazer, inclusive um coreto na área central, com projeto assinado pelo arquiteto Júnior Aguiar.

Os ‘food trucks’, comida de rua, começaram a surgir pelos idos de 2015, com maior popularização, mas vieram problemas diversos, inclusive sanitários, além de despesas como combustível, aluguel de espaço, energia, entre outros. Daí, surgiram os food parks, abertos todos os dias, dom diversos veículos, culinárias diferentes, em um único espaço.

“Queremos ir além do aluguel de um espaço bem central, como na Avenida Aurora Forti Neves, cujas obras se iniciam”, afirma Lucas Lisse, reforçando: “Queremos unir variedade, qualidade, segurança e conforto em um só lugar, e estamos sendo bem aceitos, com espaços praticamente fechados”.

E não é por acaso que a escolha recaiu sobre ‘Roots’ para denominar o primeiro Food Park de Olímpia. Lucas explica que “raízes, em inglês, é bem simbólicos, vamos crescer com raízes forte, aquecendo motores e a economia da Estância, um empreendimento para todos, encravado bem na área nobre conhecida como ‘Vale do Turismo’, perto dos parques, hotéis, Resorts, e ao alcance de qualquer olimpiense ou visitante”.

Os empreendedores pensaram em cada detalhe do projeto e o Studio Junior Aguiar captou que Olímpia merece não apenas uma opção de aluguel para a ‘comida de rua rápida’, mas diferenciado, onde o consumidor possa parar também para um bate-papo, uma degustação de qualidade, e até com som ao vivo, apresentações eventuais de artistas ou artesãos, e wi-fi.

O Diário de Olímpia acompanhará cada passo da obra e trará, em breve, mais detalhes e até uma entrevista com os empreendedores Lucas Lisse e Túlio Braga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here