Da Redação — Mais uma vez, a família Hélio Raimundo (marido de Dona Neusa, do Dogão da Cohab 3), está solicitando, nas redes sociais, a doação voluntária de sangue.

Quem ainda não doou, favor se empenhar e atender ao apelo que, a filha, taxista Gislene Pinheiro Garcia (esposa do também taxista Marcos Garcia Barba), voltou a registrar no último dia 6, reforçando o pedido três dias depois, dia 9, com maior gravidade.

Como já noticiado pelo Diário, no início do ano, Hélio estava internado no Hospital do Coração em Ribeirão Preto (SP), com leucemia e, devido à quimioterapia as plaquetas e a hemoglobina estavam muito baixas, com organismo fragilizado.

Na primeira campanha, foram 75 doadores. No mês passado, nova campanha para mais 20 doadores.

Agora, o caso continua grave:

Volto ao Facebook para reiterar meu pedido.
O estado de saúde do meu pai piorou, pois, além de todos os problemas que já falei, ele está com anemia e, ao invés de 3 (três) bolsas de sangue, ele precisará tomar 6 (seis) bolsas
Só que o Hemocentro de Ribeirão Preto (que centraliza a coleta e distribuição de sangue de Olímpia) só disponibilizou 2 (DUAS) bolsas, pois o tipo de sangue de meu pai está em falta.
Portanto, peço a todos que puderem que doem sangue. Pode ser qualquer tipo, mas preferencialmente do tipo O+ (O positivo).

Compartilhem meu pedido, e comentem com seus amigos, mesmo os que nunca doaram, e incentivem a doação. Se meu pai não receber a quantidade de sangue necessária, além de piorar sua saúde, não poderá fazer a cirurgia de colocação de pinos no braço que está quebrado.

Para doação basta informar o nome dele Hélio Raimundo ou o código 1040.329.
Além de suas orações, agradeço a quem puder ajudar… Obrigado
.

Endereço: Rua Síria, 190, ao lado da Santa Casa
Telefone: (17) 3281-9080

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here