A Covid-19, doença gravíssima de síndrome respiratória (SAR-COV2), continua ceifando vidas também em Olímpia. Ontem, foram duas mortes. Hoje cedo, mais duas, totalizando 26 somente de olimpienses.

Morreram hoje (19) dois homens, 50 e 35 anos. Esse último na Santa Casa de Olímpia e o primeiro no Nossa Senhora em Barretos.

O de 35 anos é o Leandro, conhecido como Lê (Elói Leandro Tolfo Lourenço, foto), filho da enfermeira Irene Tolfo Lourenço.

E, a segunda vítima, é o marido de uma mulher, cu perfil é ‘PauloEliana‘ que perdeu a mãe dias atrás, e agora ele. “Eu estou aqui para dizer que eu não acreditava na Covid, mas é real, desgraça a vida das pessoas”, postou a mulher. “Eu peço que vocês se cuidem, não tem inimigo pior do que esse, não escolhe a quem vai destruir. Deus não criou o vírus para punir ninguém, eu perguntei a Ele porque não tive resposta, eu espero em Deus, eu entreguei a Deus e sei que Deus é amor, eu peço pelos enfermeiros que estão na linha de frente, para os médicos, orem em nome de Jesus, eu clamo por todas as religiões, porque Deus é um só”, escreveu em rede social.

A Secretaria de Saúde está tomando todas a providências cabíveis.

Até ontem à tarde, 28 olimpienses esteavam internados em hospitais de Olímpia, Barretos e Bebedouro (14 em UTI, 4 Suporte Ventilatório e 10 na enfermaria).

O presidente da Câmara Municipal, Antonio Delomodarme, Niquinha, teve de ser intubado em um quarto improvisado de UTI na Santa Casa local, segundo informações. Hoje, ainda não fomos informados de seu quadro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here