Projeto desenvolvido pela secretaria de Saúde da Estância Turística de Olímpia, o Saúde Noturna “Saúde Mais Acessível e Próxima de Você”, registrou no mês de abril o atendimento de 271 moradores em cinco Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF).

Segundo levantamento realizado pela divisão de Atenção Básica, as UBSF registraram as maiores demandas em consultas médicas (83), visitas domiciliares (92), aplicação de vacinas (56) e atendimentos odontológicos (25).

A atividade continua em maio e o cronograma de atendimento até às 20 horas já começa no dia 16 (quinta-feira) na UBSF Dona Dalva Fernandes Moreda Ayusso (Campo Belo). Já no dia 17 (sexta-feira), é a vez da UBSF Dr. Custódio Ribeiro de Carvalho (Ribeiro dos Santos) permanecer aberta até às 20h.

No dia 22 (quarta-feira), os cidadãos poderão procurar atendimento na UBSF Dr. Francisco Figueiredo Filho, na São José, ou na UBSF Gilberto Vicente Mora (Baguaçu). Já no dia 28 (terça-feira), os moradores terão atendimento até às 20h na UBSF Valter Stuk (Cohab IV).

O Saúde Noturna oferece aos moradores consultas médicas e odontológicas (mediante agendamento prévio), coleta de Papanicolau, aferição de pressão arterial, medição de glicemia e testes rápidos para diagnóstico de HIV, Sífilis e Hepatites Virais, e a atualização da caderneta vacinal dos usuários. Além destes serviços, os moradores recebem a visita dos Agentes Comunitários de Saúde que visam ampliar as ações de combate à dengue e ao escorpião.

VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Durante os dias de atendimento noturno, as salas de vacina das UBSF também estarão aplicando as doses, até às 20h, nos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe que são: crianças (seis meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (mães no pós-parto); idosos; trabalhadores da saúde; professores das escolas públicas e privadas; indígenas; pacientes com doenças crônicas e população privada de liberdade. Para receber a dose, o morador deve estar com a caderneta de vacinação em mãos. Caso não tenha o documento, a Saúde orienta a procurar a unidade na qual era acostumado a receber outras vacinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here