A Prefeitura de Olímpia realiza a partir desta quarta-feira (18), e até o dia 25, atividades relacionadas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, através da Secretaria de Assistência, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

O dia 18 de maio foi instituído no ano de 2000, pelo Projeto de Lei nº 9.970/00, como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O dia foi escolhido devido ao assassinato de Araceli, uma menina de oito anos de idade que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES).

Em virtude desta data, a Secretaria de Assistência, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos realizará uma mobilização na Praça da Matriz de São João Batista, das 9h às 13h. A mobilização tem como intuito informar e orientar a população sobre como denunciar casos de abuso e exploração sexual envolvendo crianças e adolescentes. Além disso, trará apresentações culturais, entre elas, a apresentação teatral e dança, que irá representar a história da menina Araceli.

O evento também terá a apresentação e animação com o “Palhaço Pitoco”; a participação dos alunos do Projeto Semear, com a apresentação de pantomima; apresentações do Grupo de Teatro de Olímpia sobre o tema da campanha e de um grupo folclórico. Também haverá uma passeata pelas principais ruas do centro com distribuição de panfletos.

cartazA ação a ser realizada na praça marca o início da campanha anual de combate ao abuso e exploração sexual. No ano passado a campanha superou as expectativas com um grande saldo positivo, já que o CREAS conscientizou grande parte das escolas de Olímpia com capacitações para os professores, por meio de reuniões no HTPC.

De acordo com a diretora da Divisão de Direitos Humanos, Talita de Carvalho, a campanha tem como foco a conscientização da população em geral. “Também queremos conscientizar os profissionais que trabalham com crianças e adolescentes para que possam identificar situações em que há iminência de abuso sexual, como evita-las e quais procedimentos devem ser adotados após a identificação”.

Nos dias 24 e 25 de maio, Ribeiro dos Santos e Baguaçu respectivamente, terão ações de mobilização nas praças com a apresentação e animação do “Palhaço Pitoco”; a participação dos alunos do Projeto Semear; o Grupo de Teatro de Olímpia, com a peça teatral com o tema da campanha, além da distribuição de panfletos.

Para a Campanha, a Diretora explica que foi escolhida a personagem da boneca Emília. “A Emília tem como características marcantes a fala e exposição de suas ideias. É tagarela, curiosa, esperta e adorável, sendo um personagem que muitas crianças gostam. Com isto, procuramos mostrar que as pessoas não devem se calar, e ter atitudes como a de Emília”, finalizou Talita.

Confira a programação completa:

PROGRAMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here