Na noite da próxima quinta-feira (17), a Estância Turística de Olímpia ganhará mais um atrativo turístico e cultural, o Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa. A entrega será com a abertura da exposição “Arte Sacra para Ver e Sentir”, que é uma parceria do município com o Governo do Estado, por meio da secretaria de Cultura e Economia Criativa, e com o Museu de Arte Sacra da capital.

Além da mostra de imagens sacras, que utilizam tecnologia de última geração em sua composição, o Museu terá ainda uma exibição de presépios de artesãos olimpienses, cuja ação conta com o apoio da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.

O Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa funcionará no Palacete Tonanni, prédio da Rua David de Oliveira que abrigava o Museu de História e Folclore “Maria Olímpia”, O local começou a ser reformado em 2018, devido à necessidade de melhoria das condições estruturais e de segurança, sendo que a revitalização contou com o resgate das técnicas construtivas e decorativas originais do imóvel. Todo o trabalho contou com o apoio de uma equipe técnica, sob a coordenação da arquiteta, mestre e especialista em restauro, Rosely Seno.

Para as obras, o acervo do antigo Museu foi transferido para outro prédio histórico na mesma rua, sendo que, em breve, os artigos e peças ganharão um espaço especial no Centro Cultural, que será implantado na antiga da Estação Ferroviária.

Para o prefeito Fernando Cunha, é essencial ter um cuidado com a história e a cultura da cidade, agregando o valor cultural ao turismo. “Essa é mais uma importante conquista na área da Cultura para nossa cidade, que será também mais uma opção de lazer. Estamos realizando esse sonho e preparando um lugar especial para o Museu de História e Folclore, na Estação, que está a todo vapor. Assim, vamos construindo em Olímpia um rico acervo cultural e arquitetônico”, ressaltou o prefeito.

A reforma do Palacete Tonanni contou com investimento de cerca de R$ 500 mil, sendo parte do recurso proveniente de emenda parlamentar da então deputada federal Keiko Ota (PSB), por meio do Ministério do Turismo, e o restante de contrapartida da Prefeitura.

A entrega do Museu de Arte Sacra e Diversidade Religiosa será às 20h. Com a abertura do atrativo, a exposição “Arte Sacra para Ver e Sentir” ficará disponível para visitação ao público até o dia 10 de fevereiro, de terça a domingo, das 15h às 21h, respeitando os protocolos recomendados como a limitação da capacidade do local e uso de máscara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here