A Prefeitura de Olímpia conclui nesta sexta-feira (12) a capacitação de 37 Agentes Comunitários de Saúde e 16 Agentes de Controle de Endemias. Dos 16 Agentes de Controle de Endemias, sendo que nove iniciaram os trabalhos na Secretaria de Saúde ontem, quinta-feira (11), início desse treinamento contra a dengue.

De acordo com os últimos dados, o município registrou até o dia 11 de fevereiro, um total de 55 notificações gerais de dengue, dos quais 52 são do município e três são importados. Em relação ao número de casos positivos, Olímpia apresenta três autóctones e dois importados, de Guaraci. Há ainda 39 pacientes aguardando resultados e 11 casos registrados como negativos.

Os bairros e distrito que registraram casos positivos de dengue são o Centro I, Jardim Menina Moça II e Baguaçu. Todos já recebem o bloqueio e as nebulizações.

A capacitação é ministrada pelo chefe do setor, Valdivino Neves, e pela supervisora Érica Borges, encarregada do setor da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen).

A capacitação, que é realizada na sede da Secretaria da Educação, tem como intuito preparar os Agentes, fornecendo orientações e informações para o exercício da atividade no campo.

No primeiro dia, ambos os capacitadores explanaram sobre as funções que os agentes têm a desenvolver, como é o trabalho de contenção do Aedes Aegypti e as formas de enfrentamento das doenças por ele disseminado (Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela).

Nesta sexta, o programa consistiu em treinamento prático, no qual os agentes efetuam trabalhos casa-a-casa, e têm contato com o material que irão utilizar na função, além de receberem explicações sobre a nebulização e criadouros.

“Ao capacitar os agentes, otimizamos os trabalhos e melhoramos ainda mais o enfrentamento ao mosquito e às doenças”, elenca Eloá Cristina de Azevedo de Sousa, diretora da Divisão em Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here