Segundo a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), o volume pluviométrico registrado no município foi de 61 mm ontem, quinta-feira (24), no curto espaço de tempo em que as chuvas despencaram sobre Olímpia, ou seja, 61 litros de água por metro quadrado enquanto durou a tempestade.

O que provocou estragos em diversos pontos da cidade, conforme mostrou ontem o Diário de Olímpia (exceto por uma foto de granizo, enviada por gente maldosa e que o Diário acreditou e postou, mas já foi retirada).

Pelo menos 25 ocorrências de quedas de árvores foram recebidas pelo Corpo de Bombeiros. Já a Prefeitura, atendeu cerca de 70 casos de árvores caídas ou com galhos quebrados, que obstruíram ruas e espaços públicos e causaram sujeira. Ainda de acordo com os Bombeiros, nenhuma ocorrência grave foi registrada. A Defesa Civil do município também foi comunicada e acompanhou as ações.

Durante a chuva, um grande volume de água se acumulou no trecho reurbanizado da Avenida Aurora Forti Neves, devido ao escoamento dos bairros próximos ao Jardim Santa Ifigênia, provocando interrupção temporária do tráfego na via, sentido centro – bairro.

A Prefeitura ressalta que não houve transbordamento do Córrego Olhos D’Água e que a pista se esvaziou rapidamente com a diminuição da intensidade da chuva, liberando o trânsito. No local, não houve nenhum problema estrutural ou de paisagismo. As equipes trabalham para limpar folhas e entulhos arrastados pela força da água. A secretaria de Obras reforça a importância de não jogar lixo na via pública para evitar o entupimento de bocas de lobo, que fazem o escoamento da água.

Ainda no bairro Santa Ifigênia, parte do pavimento da conhecida Praça da Santa Azul foi arrancado e levado pelas chuvas. Outros pontos críticos identificados foram a Rua Diógenes Breda, Av. Andrade e Silva, bairro São Benedito, Jd. Tropical II, Cemitério Municipal, entre outros.

As partidas dos Jogos de Verão marcadas para a noite dessa quinta-feira também foram canceladas porque houve danos já reparados na estrutura do evento. Uma nova data será remarcada e comunicada previamente às equipes. As disputas desta sexta-feira (25) seguem normalmente, conforme cronograma, a partir das 19 horas, no Ginásio de Esportes.

Alguns poços de abastecimento de água também ficaram prejudicados por causa das quedas de energia ocorridas durante as chuvas. O departamento técnico da Daemo Ambiental trabalha para normalizar o funcionamento dos poços. Já a secretaria de Assistência Social ficou em alerta para atender famílias em caso de desabrigo, mas não houve casos.

Na Rua Américo Brasilense, as obra de galeria pluvial sofreram danos com rompimento da tubulação em alguns pontos. A Prefeitura notificou a empresa responsável que já está no local fazendo manobras emergenciais. Os reparos não terão custo ao município, uma vez que são de responsabilidade da terceirizada.

CONTATOS EMERGENCIAIS

A Prefeitura orienta a população que ocorrências emergenciais devem ser comunicadas ao Corpo de Bombeiros pelo número 193. Registros de quedas de árvores podem também ser avisados à corporação, mas o recolhimento é de responsabilidade da Prefeitura em vias, calçadas e espaços públicos.

O serviço pode ser solicitado pelo (17) 3281-6252. Os bombeiros avaliam o caso e só fazem a retirada emergencial se oferecer risco ao morador. Árvores caídas em terrenos e quintais das residências, que não ofereçam risco, devem ser retiradas por serviço particular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here