A Secretaria de Administração, da Prefeitura de Olímpia, ampliou o serviço desenvolvido pelo setor de Patrimônio Imobiliário, integrando o trabalho de topografia e mapeamento, que antes era terceirizado.

Segundo a Secretaria, o serviço próprio era uma necessidade antiga, pois agiliza a regularização de áreas junto ao Cartório de Registro de Imóveis, como antigas doações, áreas desapropriadas, etc. Além disso, a terceirização gerava custos adicionais e atrasava processos dependentes.

O trabalho é desenvolvido no município pelo engenheiro cartógrafo Ricardo Antonio Motta e outros dois profissionais, Debora Luiza Mesquita Ramos e Gisleine Fernandes Cazonatto, que realizam o levantamento topográfico planimétrico das áreas pertencentes ao município e que não estão devidamente regularizadas e mapeadas, para então elaborar os documentos necessários (planta e memorial descritivo) e dar entrada no pedido de abertura de matrícula no Cartório.

Com a documentação em ordem, as áreas ficam devidamente regularizadas e o município passa a atender as exigências para o desenvolvimento de futuros projetos e obras ou negociações com seus patrimônios imobiliários. Além do mais, sem o ideal conhecimento de suas áreas, o planejamento e a gestão territorial ficam prejudicados.

O serviço é necessário para que todo o patrimônio imobiliário do município se encontre organizado, deixando suas áreas disponíveis para serem utilizadas quando surgir a necessidade. Um exemplo de levantamento cartográfico realizado, recentemente, pelo serviço próprio do município foi sobre a área do campo de futebol do distrito de Ribeiro dos Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here