O Dat Badan Restaurante comemora 23 anos de existência, driblando a pandemia, demitindo, readmitindo, mantendo a qualidade e o máximo de estrelas que os clientes, turistas, dão em depoimentos nas principais redes sociais de indicações de melhores lugares do País.

Dat Badan Restaurante

O Diário entrevistou o empreendedor José Roberto Silva, o Zé Roberto, entre as visitas que ele faz às mesas para conferir o atendimento, para saber mais dessa história que se mantém, e evolui.

O Dat Badan deu início às suas atividades em 10 de setembro de 1998, já em seu atual endereço, no Jardim Glória. Antes, porém, ali já existia há quase 40 anos o tradicional ponto de encontro do sociedade olimpiense Murad’s Bar com a sua famosa e tradicional comida de origem árabe, e alguns tipos de carnes.

Comida árabe é o carro-chefe do cardápio do Dat

Para realizar seu projeto, o empreendedor Jose Roberto Silva, até então funcionário do Banco do Brasil, de Olímpia, desde 1974, fez grandes reformas no prédio.

Clientes fieis ao Dat Badan desde o seu primeiro dia brindam os 23 anos
Dat Badan, sempre bem recomendado

Contratando uma nova equipe especializada, a qual, em sua maioria, ainda hoje, compõe com excelência o quadro de funcionários da casa. E faz questão de visitar cada cliente em sua mesa, perguntando sobre o atendimento e oferecendo tudo o que lhes satisfaz. E isso é um dos diferenciais do Dat Badan, bastante elogiado pelos sites de indicações dos melhores lugares pelo País.

Como meta imperativa, a administração sempre visou transformar o restaurante em empresa realmente profissional, buscando assim, abrir suas fronteiras, não somente para Olímpia, mas, também, para todo a região.

Com a retomada da economia, self-service com toda a segurança e protocolos de higiene

Nem a pandemia, de quase sete meses no Delivery, fez o Dat Badan perder o seu foco. Foram meses de delivery com cardápios especiais e, hoje, na retomada da economia, Zé Roberto anuncia que está recontratando os que saíram no auge da pandemia do novo coronavírus.

A famosa macarronada feita dentro do enorme parmesão com molhos ao gosto do cliente

A tradição da comida árabe foi mantida, acrescentando-se ainda, inúmeros produtos de outros nacionalidades tais como brasileiro, italiano, japonesa, dentre outras, agregando-se sempre um serviço de bar variado com sucos, batidas, coquetéis, caseiros, doses, complementados com o charmoso Clube do Whisky e com Adega de vinhos.

Variedade de pratos sempre quentinhos

E, agora, tem a Cachaça Cabaré, e os produtos da Dom Tápparo, que apenas serve para degustação. A sua filha Natália Silva Tápparo também está no comando da loja do Villa Mall Enjoy Park Resort.

A famosa Cachaça Cabaré também pode ser degustada no Dat Badan (e comprada na Dom Tápparo, no Villa Mall Enjoy)

Outra filha, Camila, continua à frente da loja CA Home presentes & decoração (artigos de utilidades domésticas como: pratos, talheres, taças, cerâmicas, porcelanas, jogo americano etc). E a terceira filha, Gabriela, advogada que tem banca em Londrina (PR). E todas tem, ainda, o Buffet Dat Badan.

Sobremesas variadas, inclusive árabes, no Dat Badan

Com estes ingredientes, somados ao mais amplo conceito em bem servir o restaurante Dat Badan (cujo nome foi sugerido pela filha Gabriela e inspirado no mitologia árabe Deus do Sol 400 a. C.), foi tornando-se um marco forte e latente em Olímpia e toda região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here