A Estância Turística de Olímpia foi a cidade que registrou mais contratações do que demissões, no mês de maio de 2019, em toda a região de São José do Rio Preto. Diferente da maioria dos municípios brasileiros que tiveram saldo negativo, a cidade encerrou o último levantamento com a criação de 63 novas vagas.

Os dados são do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados na última semana pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Segundo o levantamento, Olímpia obteve 499 admissões e 436 desligamentos, o que representou o maior índice positivo do noroeste paulista.

Na região, o município superou cidades maiores como Votuporanga (-143), Fernandópolis (-69), Araçatuba (-51), Catanduva (-91), Birigui (-284), Jales (+7), Barretos (+57), Mirassol (-16) e até mesmo São José do Rio Preto (-147).

Ainda de acordo com o Cadastro, os setores de atividade econômica que mais apontaram contratações em Olímpia foram o de Serviços, que na Estância Turística de Olímpia, estão aliadas, principalmente, à atividade turística, seguido da Indústria de Transformação e da Agropecuária, na qual integram empresas como as sucroalcooleiras e de móveis, por exemplo.

Durante os cinco primeiros meses do ano, na contramão do Estado, o município também apresentou índices positivos com a criação de aproximadamente 500 novas vagas, quando contratou formalmente, nesse período, 2.714 e demitiu 2.218 empregados.

Para o prefeito Fernando Cunha, o balanço do MTE mostra que o município tem caminhado contra a crise econômica que atinge a grande maioria das cidades. “Em tempos tão difíceis, saber que nossa cidade é destaque em geração de emprego demonstra que estamos em pleno desenvolvimento, principalmente, no setor de serviços que, atualmente, tem o turismo como fortalecedor de nossa economia”, analisa o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here