Durante os nove dias do 53º Festival do Folclore de Olímpia, quem comparecer ao Recinto de Exposições e Praças de Atividades Folclóricas e Turísticas “Prof. José Sant’anna” também poderá saborear uma gastronomia variada. É o que garante os organizadores do Festival que já viabilizaram, por meio de licitação, mais de 40 espaços para a comercialização de comidas e bebidas.

Diversos tipos de guloseimas, lanches e bebidas estarão à disposição do público. As tradicionais barracas de cocada, maçã do amor, quebra-queixo, morango com chocolate, churros e sorvete estarão espalhadas pelo Recinto. Além dessas, o evento terá ainda barracas de lanches, espetinhos, crepes, doces, batidas e cervejas artesanais.

Barracas--(2)

Entidades beneficentes, clubes de serviços, dentre outros, também terão espaços garantidos para a comercialização dos produtos e sem nenhum custo. Já confirmaram participação no evento o Abrigo São José, Thermas Social, ONG SOS Animais, Fenossa, Rotary Club de Olímpia e Fundo Social de Solidariedade, com a Vila Brasil.

O Abrigo São José irá comercializar quadradinho de tapioca com molho de pimenta adocicado, pururuca, frango a passarinho, isca de tilápia com molho, batata frita, quitutes, artesanato, coquetel de frutas com e sem álcool, entre outros. Toda a renda arrecadada será para a entidade manter suas atividades.

Projeto-barraca-do-Abrigo-São-José-

Outra barraca beneficente será do Thermas Social, com renda em prol da Santa Casa de Misericórdia de Olímpia. No espaço, serão comercializados espetos variados com acompanhamento e caldos de diversos sabores. Já o Rotary Club de Olímpia, terá a tradicional barraca do vinho com renda destinada aos projetos sociais.

Na Vila Brasil, coordenada pelo Fundo Social, serão servidos pães, bolos, pamonha, pão de queijo, churrasco, caldos, canjica e os tradicionais café e quentão.

A barraca B (ao lado da conhecida barraca da APAE, hoje Espaço da Cultura) será comandada por um empresário, em parceria com a Associação Olimpiense de Defesa do Folclore Brasileiro. Já a barraca C, será para as entidades olimpienses e a barraca D será do Ponto do Espeto & Bachega Eventos. O espaço será a Casa de Shows do Fefol onde, durante a semana, será realizada a confraternização dos grupos e, aos finais de semana, o público poderá se divertir com shows musicais.

Casa-do-Caipíra-

BEBIDAS

A Comissão Organizadora decidiu por liberar a marca da bebida a ser comercializada pelos barraqueiros durante a festa. O objetivo é incentivar e apoiar os comerciantes e dar oportunidade ao público, que poderá pesquisar os melhores preços, se divertir e economizar. O barraqueiro poderá comercializar a marca que preferir e adquirir a bebida do fornecedor que para ele for mais viável, desde que seja em lata ou recipiente plástico. Garrafas de vidro serão proibidas.

A unidade poderá ser vendida ao preço máximo de R$ 4,50 a cerveja, R$ 3,50 o refrigerante e R$ 2,00 a água.

ESPAÇO DA CULTURA

A conhecida barraca da APAE contará com dois espaços, um para os seminários e Minifestival, de responsabilidade da secretaria de Educação, e outro a cargo da secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, que abrigará os artesãos de Olímpia e de todo o país. No local, haverá também um espaço para a Feira Livre, com doces e produtos alimentícios também artesanais, além de um balcão para atendimento aos turistas e visitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here