DA REDAÇÃO — Em 2050, primeira metade do século XXI, a Estância Turística de Olímpia passará por relevante mudança no padrão etário de sua população residente. A tendência esperada pelas projeções populacionais da Fundação Seade, divulgada na manhã desta segunda-feira (17), indica que haverá aumento no número de habitantes em 2030, 2040 e, na contramão, redução em 2050, totalizando queda de 0,7%, passando dos atuais 52.516 para 52.109 olimpienses, mas haverá um salto de quase 83% na terceira idade nos próximos 30 anos.

As projeções populacionais constituem uma das mais importantes atividades desenvolvidas pela Fundação Seade. Contando com um apurado sistema de acompanhamento de nascimentos e óbitos – que cobre todos os municípios do Estado de São Paulo e os distritos da capital –, a Fundação elaborou e aprimorou, durante as últimas décadas, uma sólida metodologia para projetar a população paulista e delinear cenários demográficos.

Tais projeções entram ainda no cálculo de vários indicadores econômicos e sociais, como, por exemplo, o PIB per capita e o número de leitos hospitalares por mil habitantes.

O Sistema Seade de Projeções Populacionais apresenta as projeções da população – por sexo, faixas etárias, idade escolar e situação urbana e rural – e dos domicílios ocupados para o período de 2011 a 2050, com diversas possibilidades de agregação regional.

AS PROJEÇÕES PARA OLÍMPIA

O Diário consultou as tabelas disponibilizadas pela Seade e os resultados são surpreendentes e, de fato, se afinadas e com tendência para se concretizarem, servem de balizamento para políticas públicas, seja estaduais ou da Prefeitura local.

Atualmente, a população olimpiense está estimada em 52.516 habitantes, em 18.449 domicílios, predominância feminina (26.713 contra 25.803) e para a faixa etária entre 20 a 59 anos de idade, adultos, com 30.551 pessoas. São 4.600 adolescentes (10 a 19 anos), 6.000 crianças (zero a nove anos) e com 9.595 na terceira idade (60 a 75 anos, e mais). Confira tabela abaixo:

Mas, esses dados terão mudanças. Em 2030 seremos 53.671 olimpienses; em 2040, começa a decrescer, 53.509 e, mais ainda, abaixo inclusive de 2020, em 2050: 52.109 habitantes na Estância Turística de Olímpia. A estimativa é que haverá, por outro lado, aumento no número de domicílios, passando dos atuais 18.449 para 21.617.

Nas próximas três décadas, a Seade prevê redução em todas as faixas etárias, exceto de 60 a 75 anos e além. Em 2050, a faixa de zero a nove anos (4.097), redução de 31,7%; de 10 a 19 anos (4.600), 27,7%; também de 20 a 59 anos, faixa adulta, a população olimpiense cairá para 25.905, ou seja, redução de 15,2%; mas, a população da terceira idade dará um salto positivo, saindo dos atuais 9.595 para 17.507 pessoas além dos 60 anos de idade, representando um acréscimo de 82,4%.

Hoje, a idade média da população olimpiense está na faixa dos 30 aos 39 anos de idade, um total de 8.968 pessoas, mas cairá em 2050 para 6.358. Nas próximas três décadas, essa faixa estará na terceira idade, o que representará o salto hoje, nessa faixa dos 60 aos 69 anos de idade de 5.132 para 8.260, passando em 2050 a ser a faixa predominante da população olimpiense.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here