A Prefeitura de Olímpia entregou na tarde desta terça-feira, 5 de dezembro, a reforma do Centro Esportivo “Professor Sankiti Takahashi”, localizado ao lado da Quadra da Terceira Idade, na Rua São João.

A cerimônia foi realizada no local, às 17h30, com a presença do prefeito Fernando Cunha, do presidente da Câmara, Gustavo Pimenta, da secretária de Cultura, Esportes e Lazer, Tina Riscali, do secretário de Obras e Engenharia, Luís Carlos Biagi, e dos professores Márcio André Pimenta, de judô, e Tiago de Melo Pessoa, de tênis de mesa, que lecionam naquele Centro Esportivo. Também prestigiaram o ato os secretários Guto Zanete (Governo), Maristela Meniti (Educação), Selim Murad (Turismo), vereadores Fernandinho, Marco Parolim de Carvalho (Marcão Coca) e Hélio Lisse Junior, além do Capitão Alessandro Righetti, da Polícia Militar, alunos e pais de alunos.

O presidente da Câmara, Gustavo Pimenta, abriu os discursos parabenizando a administração pela obra de reforma da escola. Ele lembrou as dificuldades que a escola de judô enfrentou pela falta de infraestrutura adequada e a consequente diminuição de turmas. Mas, otimista, disse que 2018 será um ano próspero para o projeto de judô. “Acredito que no ano que vem teremos mais de 50 alunos treinando neste espaço”, reforçou.

Em seguida, a secretária Tina Riscali agradeceu à Prefeitura pela obra, parabenizou sua equipe pelo empenho no projeto e desejou boa sorte aos alunos. “Vocês são o futuro do nosso país, nossa esperança. Continuem praticando esporte, treinando e competindo. Esporte é disciplina, é desenvolvimento físico e mental”, disse a secretária.

Depois, Tina presenteou o prefeito Fernando Cunha com um mimo curioso: um quadro com a ficha de inscrição do prefeito no curso de judô na então Academia Takahashi, na década de 60, quando ele tinha 9 anos. Momento de emoção para o prefeito.

Em seu discurso, Fernando Cunha discorreu sobre as melhorias no local e enalteceu a família Pimenta pela dedicação ao judô.

“Quero aqui parabenizar e agradecer os irmãos Márcio André e Mauro Lúcio, ambos professores, que carregam o piano nas costas, que levam o bastão”, brincou Fernando. “Se não fosse a família Pimenta, que tanto se dedica a esse projeto, Olímpia não teria mais curso gratuito de judô”, completou.

O prefeito ainda contou sobre a época em que treinava judô. “Recebi dos alunos minha ficha de matrícula de quando tinha 9 anos, isso há mais de 5 décadas. Me recordo com carinho das aulas e ensinamentos dessa arte milenar com o saudoso Mestre Sankiti, atrás de sua empresa na Rua 9 de Julho. Contribuir com nossas crianças e adultos, por meio do Esporte, é o mínimo que posso fazer na condição de prefeito. Toda essa estrutura, agora oferecida, era um pedido antigo dos pais dos alunos quando assumimos a administração. Com essa reabertura, queremos dar mais oportunidades para nossas crianças. Também estamos deslocando os professores de Judô do município para os distritos”, finalizou o prefeito Fernando Cunha.

A cerimônia foi encerrada com o descerramento da placa de entrega da reforma do Centro Esportivo. 

OBRA

A reforma do prédio, que oferece aulas de Judô e Tênis de Mesa, era um pedido antigo dos pais dos alunos, que foi atendido pelo prefeito Fernando Cunha com a proposta de oferecer uma estrutura melhor para o desenvolvimento da atividade e incentivo à prática esportiva.

A obra inclui a troca das redes hidráulica e elétrica, reforma do forro, dos banheiros e do piso. Devido aos reparos, neste período as aulas foram ministradas temporariamente na Quadra “Hércules da Silva Rego”, no Jardim Universitário.

 

A Escola Municipal de Judô chegou a atender 120 alunos, gratuitamente. No entanto, por conta dos problemas antigos com o prédio e a falta de estrutura, o número de matriculados caiu para 20.

Agora, com o serviço executado, a escola voltará a abrigar seus alunos com a expectativa de aumentar o número de matriculados.

Já o tênis de mesa atende, atualmente, cerca de 80 alunos, com aulas de segunda, quarta e sexta-feira.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA