Alunos interessados em estudar na rede estadual paulista em 2016, estão abertas as inscrições para a matrícula antecipada. O procedimento poderá ser realizado até a próxima sexta-feira (13).

Por outro lado, a Educação está recadastrando os alunos que já estão na rede, para garantir que as crianças e adolescentes estudem próximas as suas residências. No endereço www.atualizeseusdados.educacao.sp.gov.br pais e estudantes poderão conferir as informações e, quando necessário, fazer as alterações. Tudo isso para a reunião do dia seguinte, sábado (14).

No sábado, dia 14, uma megamobilização nas 5 mil unidades de ensino. Chamado de “Dia E” o encontro vai reunir pais, responsáveis, alunos, professores e equipes gestoras. O objetivo da data é explicar detalhes do plano de reorganização e informar como será o perfil da rede no próximo ano. A mudança, anunciada em setembro, criará 754 escolas de ciclo único em todo o Estado. Pais e responsáveis devem se dirigir às unidades onde o aluno está matriculado em 2015.

O público terá acesso às listas com o nome dos 311 mil alunos transferidos e as escolas que os receberão. A orientação é que o atendimento seja feito em salas de acordo com o ano e série. Os horários das reuniões foram definidos pela direção e estarão fixados em cartazes e avisos durante toda a semana.

Além de tirar dúvidas sobre o processo, as salas do Acessa Escola também ficarão abertas para o recadastramento. A ideia é oferecer mais uma oportunidade para atualizar dados como endereço, telefone e informações pessoais. Representantes das Associação de Pais e Mestres, Conselho de Escola e Grêmios estudantis também foram convocados e vão contribuir na recepção dos convidados.

MATRÍCULAS

Para fazer a inscrição antecipada é necessário que o responsável se dirija a uma escola e forneça dados do estudante como comprovante de residência e certidão de nascimento.

No dia 14 de dezembro, as matrículas reabrem novamente e ficarão disponíveis durante o ano de 2016. O sistema de cadastro da rede estadual de São Paulo respeita os critérios de proximidade entre a escola e a residência dos alunos. Por isso, é importante que os dados fornecidos às unidades estejam atualizados.

O cadastro é unificado e é valido para alunos que estão fora do sistema público, seja estadual ou municipal, e querem ingressar em uma escola no próximo ano. A matrícula é automática aos alunos que já frequentam as unidades de ensino estaduais ou municipais de São Paulo e querem dar continuidade aos estudos na rede pública.

Também é automático o cadastramento de crianças com idade mínima de seis anos completos que cursaram a pré-escola pública. Nesses casos, a inclusão é feita no 1º ano do Ensino Fundamental, mediante a consulta aos responsáveis e atualização do endereço residencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here