Nessa quarta-feira (11), a Estância Turística de Olímpia, Capital Nacional do Folclore, deu início ao 57º Festival do Folclore, neste ano, em sua primeira edição híbrida. O palco do FEFOL está sendo a Casa da Cultura, de onde o jornalista Marcos Paiva, apresentador da TV Tem, comanda a chamada das apresentações, com transmissão ao vivo pelos canais oficiais do festival e também pelo Diário de Olímpia.

Na primeira noite de festa, foram registradas cerca de 10 mil visualizações nas plataformas de transmissão, como o Facebook e o Youtube, com mais de 2 mil comentários de internautas durante a live e mais de 13 mil pessoas alcançadas.

A veiculação foi acompanhada por internautas de diversos Estados do Brasil como Paraná, Pará, São Paulo, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Ceará, Pernambuco, Espírito Santo, entre outros e até mesmo de outros países como Argentina, Estados Unidos, Portugal e Austrália.

A Abertura Oficial do evento contou com a tradicional participação dos alunos da rede municipal de ensino que, sob a coordenação da secretaria de Educação, produziram um vídeo com o tema “Olímpia, há 57 anos conectando pessoas e tradições”, que emocionou o público online. A apresentação retratou um misto de saudade e esperança por dias melhores, relembrando as culturas populares e pessoas importantes ligadas ao folclore e ao festival de Olímpia, entre elas os saudosos Professor José Sant’anna, idealizador do festival, e o Professor Edward Marques da Silva, o Wadão, compositor oficial das músicas-tema da festa e que faleceu, em outubro de 2020.

O clipe teve ainda a participação especial do Grupo Geração Folclore, Grupo Parafolclórico Frutos da Terra e Escola de Samba Unidos da Cohab. A concepção do roteiro é de autoria da Professora Taíse Renata da Cruz, com narração de Pedro Henrique de Andrade, direção artística e montagem dos professores Alan Saviolo Duran e Tiago Pessoa Lourenço, coordenação da supervisora de ensino Maristela Aparecida Araújo Bijotti Meniti e direção geral da secretária municipal de Educação, Dalva Coelho.

Após a exibição, as autoridades fizeram uma breve saudação para dar as boas-vindas aos grupos e ao público, entre elas, o prefeito de Olímpia, Fernando Cunha. “Este é um dos maiores e mais importantes eventos da cidade e do país e, mesmo com o desafio da pandemia, não deixamos de honrar nosso compromisso de Capital Nacional do Folclore e o legado do Professor Sant’anna. Assim, nasce a primeira edição híbrida, promovendo um festival online, que, com o tema “Conexão de um Povo”, confraternizará a cultura brasileira, com transmissão para todo o país e para o mundo”, destacou o prefeito, declarando aberta a programação do 57º FEFOL.

Em seguida, foram transmitidas as apresentações inéditas gravadas pelos grupos. A primeira delas ficou por conta do Grupo Parafolclórico Frutos do Pará, de Belém-PA, homenageado deste ano, que produziu uma música em homenagem ao FEFOL e teve a presença de seus diretores Nazaré Azevedo e Paulo Oliveira, no palco do evento para agradecer o momento.

Na sequência, foram reproduzidos os vídeos dos grupos Fandango de Tamanco Cuitelo – Ribeirão Grande/São Paulo, GTC 20 de Setembro – Xangri-lá/Rio Grande do Sul, uma produção das Companhias de Reis de Olímpia e o Grupo Coco de Roda Xique Xique – Maceió/Alagoas.

CONTINUA HOJE (12)

A programação do evento continua nesta quinta-feira, dia 12, com Contação de Histórias online às 14h, e, a partir das 20h30, apresentações dos grupos folclóricos e parafolclóricos Parafusos (Lagarto/Sergipe), Associação Cultural Anástasis Artes Cênicas & Solidariedade (Olímpia/São Paulo), Grupo de Siriri Flor de Atalaia (Cuiabá/Mato Grosso), Grupo Parafolclórico Terra da Luz (Fortaleza/Ceará) e Associação Folclórica Boi de Mamão do Pantanal (Florianópolis/Santa Catarina).

Ao todo, o 57º FEFOL conta com 34 grupos folclóricos e parafolclóricos, de 12 Estados brasileiros, representando as cinco regiões do país, sendo 14 grupos de outras localidades e 20 de Olímpia.

A programação está sendo transmitida na Página Oficial do Festival do Folclore de Olímpia no Facebook, no Canal do Youtube e na sequência do Jornal da Noite, do Diário (que começa às 20h).

O evento é uma realização da Prefeitura, por meio da secretaria de Turismo e Cultura, em parceria com a Associação Olímpia para Todos, com apoio institucional da TV Tem e patrocínio de empresas olimpienses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here