Segundo divulgado com exclusividade pelo jornalista Cleber Luis, durante o programa Ronda Policial, da Rádio Difusora AM de Olímpia, o ator Hugo Marcos Casemiro Franco, conhecido como Harlley Dickman, integrante do programa A Praça é Nossa, do SBT, registrou boletim de ocorrência por injúria racial contra o funcionário do estacionamento de um show sertanejo, que aconteceu no Recinto do Folclore, em Olímpia, no último sábado (4).

De acordo com o boletim de ocorrência, Harlley não conseguiu a liberação das cortesias que teriam sido fornecidas por um dos organizadores do evento. Na saída, ele pediu a devolução da quantia de R$ 30, correspondente ao valor do estacionamento, já que ele estava indo embora antes do início do show.


Pelo rádio, um funcionário teria conversado com outro, de nome Juliano, para saber se isso seria possível. Segundo a vítima, durante a conversa, foi possível ouvir Juliano dizer “Esse maluco está tentando dar ‘carteirada’ em todo mundo aqui, esse macaco. (…) Não vou devolver dinheiro nenhum. Manda essa macaco se f…”.

Uma viatura da Polícia Militar passava pelo local e foi abordada pela vítima, que foi orientada a procurar a Delegacia para registrar o boletim de ocorrência. O dinheiro do estacionamento foi devolvido após intervenção da PM.

Segundo Eduardo Maciel, um dos organizadores do evento, o estacionamento do show foi terceirizado e a organização do evento não tem responsabilidade sobre o ocorrido, embora condene tal prática.

O responsável pelo estacionamento, de nome Fabiano, disse que já conversou com o funcionário e pediu para que ele entrasse em contato com a vítima para esclarecer o ocorrido. Ainda de acordo com ele, o funcionário será afastado das funções até a apuração dos fatos.

Já o funcionário, Juliano, diz que não ofendeu a vítima e que tudo não passou de um mal entendido.

O caso vai ser investigado pela Polícia Civil de Olímpia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA