Diante do agravamento da pandemia da Covid-19, que ameaça colapsar a saúde pública no município, a Prefeitura de Catiguá emitiu um decreto que entra em vigor neste sábado (12), tornando obrigatório o uso de pulseiras para identificação de pacientes com a doença.

As pessoas que derem entrada no sistema de saúde do município com sintomas da Covid-19 receberão, inicialmente, uma pulseira azul, trazendo os dizeres “ISOLAMENTO”. A pulseira deverá ser utilizada até a divulgação dos exames laboratoriais, podendo ser retirada apenas caso o resultado seja NEGATIVO.

Em caso de diagnóstico positivo, a pessoa receberá uma pulseira na cor vermelha, também com os dizeres “ISOLAMENTO”, que deverá ser utilizada durante todo o tratamento, podendo ser retirada apenas pelo médico responsável, no momento da alta.

Pessoas identificadas como suspeitas ou positivas para Covid-19 deverão permanecer em quarentena, seguindo todos os protocolos sanitários e só podendo deixar o isolamento social para receberem atendimento médico.

O desrespeito a essa determinação acarretará em multa de R$ 300,00, além do paciente ser enquadrado no artigo 268 do Código Penal, que trata dos crimes contra a saúde pública e prevê detenção, de um mês a um ano.

Quem violar ou se recusar a usar as pulseiras também sofrerá multa, no valor de R$ 300,00. Caso o rompimento da pulseira ocorra de forma involuntária, o paciente deverá avisar imediatamente a unidade de saúde, para que seja providenciada a substituição. Do contrário, a pessoa também estará sujeita às punições previstas no decreto.

O objetivo do decreto é evitar a circulação de pessoas contaminadas e, consequentemente, evitar que novos casos da doença surjam em Catiguá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here