Considerada a principal maneira de combater o abandono de animais, a castração é importantíssima para garantir o equilíbrio do meio ambiente através do controle populacional de cães e gatos, mas também para o controle de zoonoses, que são enfermidades transmitidas naturalmente entre animais e seres humanos.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde, o município ultrapassou a marca de 51 mil animais castrados gratuitamente através da Diretoria de Bem Estar Animal e do Centro de Controle de Zoonoses em 10 anos. Neste ano, a quantidade de animais castrados já ultrapassada os 4 mil, porém a expectativa atingir a marca de 7 mil animais castrados e impulsionados pela inauguração do castramóvel.

Com um trabalho revolucionário no sistema público municipal, a castração gratuita de cães e gatos foi implementada pela Prefeitura de Rio Preto em 2005 com o apoio de protetores de animais.

Na ocasião os insumos para as cirurgias eram custeados por protetores e simpatizantes da causa animal. Os procedimentos cirúrgicos passaram a ser contabilizados pela administração municipal somente em 2009 como ações de controle de zoonoses.

O recorde histórico da quantidade de procedimentos registrados pela administração municipal foi alcançada no ano passado quando 6.427 animais foram castrados gratuitamente, sendo 3.577 cães e 2.850 gatos.

De acordo com entidade internacional de proteção animal American Humane Association um casal das espécies caninas e felinas não castrados podem resultar em apenas cinco anos em quase 13 mil crias indesejadas. A entidade aponta ainda que o mesmo casal em 10 anos será responsável pela geração de mais de 80 milhões de filhotes.

Por Thiago Passos 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here