Com o objetivo de proteger os consumidores e identificar linhas telefônicas não autorizadas, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) disponibilizou uma ferramenta de consulta de linhas pré-pagas para verificar se estão indevidamente cadastradas a algum CPF.

As empresas do setor de telecomunicações tomaram essa iniciativa para que seus clientes se sintam mais seguros e que tenham mais confiança no momento de dividir seus dados. Para a região Sudeste, a verificação estará disponível a partir do dia 22 de janeiro.

Para poder consultar se existem linhas vinculadas sem autorização, o usuário deve acessar a página do Portal de Consulta de Linhas Pré-Pagas (https://cadastropre.com.br/#/) e clicar em “Consulta”, seguindo os passos solicitados.

Caso nenhuma linha esteja cadastrada no CPF verificado, aparecerá uma mensagem confirmando que não existe nenhuma linha. Já se houver algum cadastro indevido, o consumidor poderá entrar em contato com a operadora para solicitar o cancelamento.

No portal, o usuário também encontra Perguntas Frequentes e informações sobre as prestadoras de telefonia móvel para atendimento. Ao todo, o país conta com mais de 122,3 milhões de linhas ativas, cadastradas pelas operadoras Algas, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here