A autarquia Daemo Ambiental implantou em abril de 2018 um programa para a castração de animais. Desde então até outubro deste ano, a autarquia já realizou 1.244 castrações, sendo que mais da metade dos procedimentos (724) foi feita em cadelas. O restante, 520 castrações, foram em gatas.

A castração, além de ajudar no controle populacional dos animais, visa reduzir o número de fugas e ampliar a prevenção de doenças, como o câncer.

Vale ressaltar que autarquia só castra caninos e felinos fêmeas de pessoas inscritas em programas sociais, animais comunitários e adotados. Para solicitar a castração, é necessário fazer o cadastro na sede do Daemo, localizada na Avenida Harry Giannecchini, 350, no Jardim Toledo.

Os interessados devem comparecer pessoalmente, apresentando cópia do RG, CPF, comprovante de residência e o número do NIS (Número de Identificação Social) válido para comprovar a baixa renda.

Após o cadastro, será realizada uma vistoria pelo médico veterinário responsável para conhecer o animal e verificar as condições para a castração.

Além do procedimento, que é realizado em clínica terceirizada, contratada por meio de processo licitatório, o Daemo também fornece toda a medicação do pós-operatório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here