O prefeito Geninho Zuliani (DEM), de Olímpia, deu o primeiro passo para a efetivação do futuro aeroporto da cidade. No final da manhã desta sexta-feira (2), a Prefeitura fez o primeiro depósito de desapropriação judicial para pagamento de cinco alqueires, no Bairro rural Lambari, após o sinal verde da 1ª Vara Cível do Fórum da Comarca, através de decisão do juiz Lucas Figueiredo Alves da Silva.

O valor foi de R$ 387.679,00, feito através de guia de depósito judicial, na Caixa, em favor do dono do imóvel, o médico João Wilton Minari. Na verdade, 4,5 alqueires pertence a ele e meio alqueire a Rafael Olmos.

Agora, com esse valor, segundo disse o prefeito com exclusividade ao Diário, “vamos realizar um projeto executivo e começar as obras de terraplanagem”.

O aeroporto demanda uma área bem maior, cerca de 80 alqueires. Mas, segundo Geninho, “com essa área de cinco alqueires daria para uma pista de mil metros, suficientes para monomotores”.

Outros processos desapropriatórios estão na Justiça. Como manda a lei, para tomar posse é preciso pagar antecipadamente, o que foi feito hoje às 11h45.

“O melhor é que esse dinheiro vem da venda de terrenos dominiais do município, como Jardim Centenário, e de outros loteamentos, não tirando recursos de áreas essenciais”, explicou Geninho ao Diário.

boleto-aeroporto

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here