A quinta edição do Encontro de Carros Antigos da Estância Turística de Olímpia, que será realizada neste sábado e domingo, 10 e 11 de outubro, nas praças da Matriz e Rui Barbosa, poderá ter até 300 modelos em exposição.

No ano passado, foram 276 modelos expostos. Haverá shows ao vivo, brincadeiras, sorteios de brindes e o destaque da exposição, “Anastácio”, Ford Chevrolet 1930 usado por Mazzaropi em seus principais filmes.

Desde o início desta semana encontra-se no Royal Thermas Resort e Spa, por exemplo, uma carreta com oito carros aguardando o momento de vir para a exposição. Eles pertencem a Toninho Zanetti, de Campo Grande, que é presidente do Clube de Colecionadores de Carros Antigos, que fez questão de participar do evento. De Olímpia serão mais de 20 participantes.

Os carros antigos em exposição poderão ser vistos gratuitamente durante todo o dia e na noite de sábado, e até o final do dia de domingo. “É possível que para este ano tenhamos um número ainda maior de carros, já que mais colecionadores manifestaram intenção de vir participar”, diz Nilton Flávio dos Santos, do Clube Amigos do Fusca de Olímpia, um dos organizadores.

Outro destaque, além de “Anástácio”, será a presença do maior colecionador de Studebaker (em português é algo parecido com “Estudi Beiquer”), Ferreti, de Campinas, que trará um de seus modelos. Também é aguardada presença de Francisco Moutinho Filho, presidente do Chevrolet Clube do Brasil, que virá com um carro e cinco outros integrantes do Clube, bem como do diretor institucional da Federação Brasileira de Veículos Antigos, Derec de Almeida Jorgetti, além de outros muitos clubes da macrorregião, exemplos de Barretos, Catanduva e Rio Preto, e de outros Estados.

Nilton Santos acredita que o número de visitantes este ano deve superar o do ano passado, quando cerca de três mil pessoas passaram pelas praças para prestigiar a exposição. Outra atração este ano será a Kombi “customizada” de Taubaté, premiada em várias exposições pelo país.

Mais de 40 cidades são esperadas para a exposição de carros antigos. A organização do evento está “cobrando” pela inscrição de participantes, dois quilos de alimentos não perecíveis, ou R$ 10. Os visitantes, querendo, também podem contribuir com alimentos não perecíveis. Mas não há obrigação. Eles podem ver os carros gratuitamente.

Outra novidade este ano será a barraca de comidas variadas a ser montada pelo comerciante Deco Lima, e show ao vivo no sábado à noite e domingo à tarde, com músicas variadas interpretadas por Clésio, cujo saxofonista tocou por 17 anos com Djavan.

“Tenho certeza de que não faltarão motivos para o encantamento e diversão, e até mesmo informação daqueles que forem visitar a exposição. Contamos com a presença maciça dos olimpienses”, convida Flávio Santos.

A exposição conta com participação da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here