Levantamento do Ministério do Trabalho e Emprego aponta que o município de Olímpia gerou 827 novas vagas de emprego no período de janeiro a agosto de 2018, com destaque para três setores: Indústria de Transformação, Serviços e Agropecuária. O município também ficou entre as 50 cidades paulistas que mais geraram empregos no ano.

Neste ano, já foram 3.865 admissões contra 3.038 desligamentos.

Os números de 2018 já são 356% maiores do que os registrados no ano passado todo. De acordo com o índice, em 2017, foram registrados 5050 admissões contra 4818 desligamentos, um saldo positivo de 232 novas vagas.

As áreas que mais contribuíram foram a de Indústria da Transformação, com 507 novos postos, na qual integram empresas como as sucroalcooleiras e de móveis, por exemplo. Em seguida, o setor de Serviços foi responsável por gerar 339 vagas, que na Estância Turística de Olímpia, estão aliadas, principalmente, à atividade turística e gastronômica (232). Por fim, a Agropecuária criou 82 novas oportunidades.

O comércio, porém, teve uma retração no emprego em 39 vagas, ou seja, contratou-se no ano 650 trabalhadores, mas a demissão foi bem maior: 39 foram despedidos.

Todos os dados são referentes ao Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), disponibilizados mensalmente pelo Ministério do Trabalho e que podem ser conferidos pelos cidadãos neste link.

“Apesar de termos observado uma tendência de recuperação da crise econômica em todo o país, Olímpia tem mantido um o cenário positivo de empregabilidade ao longo dos últimos anos. Vemos um crescimento com uma geração de emprego bastante significativo para este ano e com perspectivas ainda maiores até o fim do ano, quando o município entra no período de alta temporada”, analisa o prefeito Fernando Cunha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here