A Polícia Civil trabalha na hipótese de feminicídio seguido de suicídio em relação à morte do casal que foi encontrado dentro de um quarto em um resort em Olímpia na tarde do último domingo (6). Edson Fernandes Lopes, de 24 anos, e Rúbia Alves de Oliveira, de 22 anos, estavam no local para trabalhar, ele era da empresa Big Ice, e ela coordenadora da pista de patinação instalada no Villa Mall, dentro do Olímpia Park Resort.

Edson e Rubia moravam em Guarulhos e estavam na cidade prestando serviço terceirizado em uma pista de patinação que funcionava no resort. Testemunhas contaram aos policiais que eles se desentendiam há algum tempo, pois ela queria terminar o relacionamento, mas o parceiro não aceitava. Segundo consta, ela soube, pelo próprio companheiro, de que havia ocorrido uma relação extraconjugal e não estava satisfeita com essa situação.

O delegado responsável pelo caso acredita que tenha ocorrido um feminicídio seguido de suicídio. No quarto, um botijão de gás foi encontrado ao lado dos corpos. “Ou os dois cheiraram o gás e acabaram morrendo pela inalação desse gás, ou ele a matou e depois se suicidou, mas não há nenhum sinal de violência no corpo dela, eles eram bem tranquilos quanto a isso, segundo os amigos”, afirmou o delegado Ricardo Rodrigues em entrevista ao Diário de Olímpia.

Segundo informações do boletim de ocorrência, foi um colega do casal que encontrou os dois sem vida no quarto do hotel. Em depoimento, a testemunha contou que encontrou a mulher morta enrolada em uma cobertor na cama, e o rapaz de 24 anos com a mangueira de gás aberta em sua boca, ele tentou socorrê-lo, mas já estava sem vida.

O casal sempre externou carinho mútuo em suas redes sociais

O Diário entrou em contato com o Resort, que assim se manifestou:

“O Olímpia Park Resorts lamenta comunicar que dois colaboradores de uma empresa contratada para um serviço temporário na cidade foram encontrados sem vida nas dependências de nosso hotel. Estamos oferecendo todo apoio para esta empresa e para os familiares e acompanhando a apuração do ocorrido”.

O corpo dos dois foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Barretos. Rubia será enterrada em Guarulhos (SP) e Edson em Alagoas.​

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA