Da Redação —  Se já não bastasse a vandalização de um ônibus da Bontur, incendiando-o por completo, na noite de ontem, quinta (14), devido ao confronto entre policiais e um marginal, onde este morreu baleado, os reflexos de medo e ameaças continuam nesta quinta-feira (15), repercutindo, inclusive entre estudantes, turistas e até mesmo na manifestação marcada no domingo pró-impeachment da presidente Dilma.

As escolas próximas ao Santa Ifigênia receberam ameaças e liberaram os alunos… Daí os alunos de lá começaram ligar para os alunos da Escola Capitão Narciso Bertolino, falando das ameaças.Virou tumulto, e não tem mais condições de ter aulas, estão sendo liberados pois há um comentário de que “alguns traficantes farão um protesto na praça da Matriz”, e talvez tentem depredar a escola, que fica entre a praça e o Santa Ifigênia.

Por outro lado, comentários circulam de que, ainda hoje, às 17h, haverá novo confronto no mesmo local de ontem à noite.

E, finalmente, a coordenadora do protesto em favor do impeachment de Dilma, Mariana Greco Scalon, publicou agora há pouco na rede social: “Pessoal fui orientada a abortar protesto devido o ocorrido de ontem, os ânimos estão muito inflamados. As pessoas inoportunas podem aproveitar de nossa manifestação e causar desordem e com isso alguém pode se machucar. É com pesar que eu comunico este fato. Mas, vale mais nossa integridade do que a nossa voz neste momento”.

AVISOS PELAS REDES SOCIAIS

ArdQLN_emma1NrzyDDtifVH21EiSQFH9CqYYN6crqdnm

20160415091801

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here