Em uma reunião, realizada na manhã desta sexta-feira (13), no Gabinete Executivo da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, o prefeito Fernando Cunha apresentou oficialmente o novo secretário de Saúde do município, Marcos Roberto Pagliuco.

Com 45 anos, Marcos é formado em Farmácia e Bioquímica pela Unimar – Universidade de Marília. Já atuou como coordenador da Saúde Mental e também como farmacêutico na Unidade Básica de Saúde em Embaúba. Tem experiência com gestão na área pública e é atuante no ramo de saúde.

Durante a apresentação, que foi acompanhada pelas emissoras de rádio, o prefeito destacou que a Saúde é o setor mais delicado da gestão e que, por isso, as mudanças buscam a melhoria do serviço.

“Nós estamos lutando há mais de um ano, algumas coisas melhoramos, mas sabemos que a percepção da população ainda mostra que o setor é deficiente. Por isso, eu não me acovardo e vou continuar insistindo para que a Saúde preste o melhor serviço possível. Nessa busca, foi necessário romper o círculo vicioso para injetar sangue novo e melhorar. Considero o Marcos uma boa indicação porque ele tem militância política e isso gera sensibilidade porque ele sente a dor da falta de um remédio para uma família, a dor da falta de um exame, a falta de uma internação, então ele tem essa vivência para ter essa sensibilidade e tem também experiência profissional na área da Saúde”, relatou o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito, a escolha do secretário foi uma decisão coletiva de diversas lideranças unidas, que se identificam com os princípios da atual gestão, como o ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Olímpia, Hilário Ruiz, que foi candidato a prefeito em 2016 e é representante do grupo do PSD na cidade. Responsável pela indicação do novo secretário, Hilário também esteve presente na apresentação do novo secretário.

“Essa aproximação com o Fernando em dialogar demonstra sensibilidade e humildade para convergir em prol do bem da cidade. Nós dois pensamos em melhorar a qualidade de vida para quem vive em Olímpia e diante disso, com a vontade da gente avançar, entendemos que a saúde publica é o grande gargalo da Administração. Nós amadurecemos isso e tomamos uma decisão conjunta do grupo. Eu jamais indicaria uma pessoa que não teria capacidade. Conversei com uma grande maioria das pessoas que querem contribuir com o desenvolvimento da cidade e tenho a certeza que, em um prazo muito curto, a população irá ver resultados. A política se faz agregando pessoas que querem contribuir com a melhora cidade e nós passamos a unir dois grupos fortes da cidade para avançar”, ressaltou Hilário Ruiz.

Para o novo secretário, este primeiro momento é de conhecer a realidade do município e atuar em três frentes principais para organizar o sistema de saúde que são distribuição de medicamentos, demanda reprimida de exames e integração do sistema de atendimento.

“Vou dedicar a Olímpia toda a minha experiência de 25 anos na área de Saúde. Minha vinda pra cá é para otimizar e fazer acontecer. Percebo que a Saúde avançou, mas ainda há muito para melhorar e temos que avançar cada vez mais. Meu maior anseio é humanizar a saúde, fazer com que as pessoas tenham atendimento de qualidade; encerrar filas de consultar e exames e valorizar o quadro de funcionários que a gente tem, trazendo um ambiente de trabalho para que as pessoas consigam produzir melhor. Vou me comprometer ao máximo”, disse o secretário.

Marcos Pagliuco esclareceu ainda que atuará marcando presença em todos os equipamentos da rede para acompanhar de perto o trabalho e conhecer as deficiências. Informou também que trabalhará com transparência e contará com o apoio do vice-prefeito Dr. Fábio Martinez, que é médico, com o intuito de trazer resolutividade e eficiência no atendimento da população.

Na tarde desta sexta, o novo secretário também participou de uma breve reunião com os vereadores para se apresentar e discutir demandas e propostas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA