O Projeto Saúde Noturna “Saúde Mais Acessível e Próxima de Você”, desenvolvido pela Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio da secretaria de Saúde segue percorrendo os bairros do município oferecendo consultas, exames, atendimentos farmacêuticos e vacinas nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF).

O Saúde Noturna já atendeu mais de 150 moradores em três UBS e, nesta terça-feira (25), abre as portas até as 20h na UBSF Valter Stuk, na Cohab IV. De acordo com a divisão de Atenção Básica da Saúde, considerando a importância e o resultado positivo do projeto, mais seis UBS terão o horário estendido durante o mês de outubro.

A primeira unidade a atender durante o mês de outubro será a UBSF Francisco Figueiredo Filho (São José), no dia 4. Já no dia 9, o atendimento será realizado na UBSF Dona Dalva Fernandes M. Ayusso (Campo Belo).

No dia 10, os moradores poderão procurar a UBSF Custódio Ribeiro de Carvalho, no distrito de Ribeiro dos Santos.

No dia 17, moradores do distrito de Baguaçu serão beneficiados pelo atendimento noturno, na UBSF Dr. Custódio Ribeiro de Carvalho. No dia seguinte, 18, os munícipes poderão procurar atendimento na UBSF Francisco Figueiredo Filho e, por fim, no dia 30, a UBSF Valter Stuk, na Cohab IV funcionará até às 20h.

Durante o horário estendido, são ofertadas aos moradores consultas médicas e odontológicas (mediante agendamento prévio), coleta de Papanicolau, aferição de pressão arterial, medição de glicemia e testes rápidos para diagnóstico de HIV, Sífilis e Hepatites Virais. Também será atualizada a caderneta vacinal dos usuários. Além destes serviços, os moradores recebem a visita dos Agentes Comunitários de Saúde que visam ampliar as ações de combate à dengue e ao escorpião.

Nos dias de atendimento noturno, também é realizada a inscrição para o Cartão Cidadão, que integrará os serviços públicos municipais, criando uma base de dados importante para a adoção de políticas públicas eficientes e de qualidade. Para fazer a inscrição, basta comparecer com RG, CPF, Cartão Nacional de Saúde (cartão SUS) e comprovante de endereço em mãos (conta de água, luz, telefone fixo ou IPTU), além de certidão de nascimento (para menores) ou casamento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA