O jovem Tales Henrique Varollo Carneiro, 17, internado há quase 40 dias no Hospital do Amor (HC) de Barretos, começa nesta manhã de quinta-feira (18) mais uma estratégia de tratamento, na tentativa de salvar a sua vida: a hemodiálise. (Veja a live do Diário, de hoje cedo, ao final)

A tia Andressa (E), a mãe Anelisa e a amiga que iniciou a campanha nas redes sociais Sandra
A tia Andressa (E), a mãe Anelisa e a amiga que iniciou a campanha nas redes sociais Sandra

Sem vícios, não fumava e nem bebia, Tales era entregador de panfletos do comércio da cidade e, em setembro passado, sentiu ‘o peito estourar’. Começou aí o seu calvário contra o câncer.

Conforme o Diário tem noticiado, e iniciou uma campanha em seu favor (veja matéria no link ao lado).

Tales está lutando contra o câncer, que se espalhou em seu sangue e, devido estar acamado por muito tempo, está com imunidade praticamente zero e produção de plaquetas do sangue igualmente em nível crítico.

A família pede orações, em primeiro lugar. E está no ar a Campanha #todospeloTales

Leia Mais

Emocionadas, mãe, tia e amiga, de Tales revelam detalhes da doença. Médica mandou chamá-las urgente

No início da noite de ontem, a tia Andressa Varollo (foto), que esteve acompanhada da mãe Anelisa e da amiga Sandra Queiróz (que iniciou a campanha nas redes sociais #todospeloTales), relatou ao Diário o que segue:

“A médica deixou bem claro para nós, da família, que o caso do Tales é grave. Ele está em um estágio avançado da doença, a imunidade está a zero, e a produção de plaqueta muito baixa, dificultando a ação dos antibióticos. A médica nos disse que todas as armas disponíveis no Hospital do Amor, como medicamentos injetáveis, já foram usadas, mas ainda tem hemodiálise.
“Ela disse para a família se preparar que, a qualquer momento, ele pode entrar em óbito, mas creio em um Deus, Pai Todo Poderoso”.
Questionada se o Tales não estava com nenhum sinal vital, a tia Andressa, confirmou que “ele deu um sinal que ele está muito vivo antes da gente conversar com a médica – ele abriu o olho e mexeu o ombro, mas a pupila dos olhos estava grande, o que não é um bom sinal e, pouco antes de eu subir para vê-lo, a médica examinou novamente, daí a pupila diminuiu, o que é um sinal que o celebro está funcionado bem”.
E, acrescentou: “Devido o Tales estar sedado, a médica teve que aumentar a dose do sedativo porque, segundo ela, neste momento ele não pode acordar para não ficar agitado, então tem que ficar totalmente sedado”. Ele estava sedado e entubado desde segunda-feira (15).
A tia Andressa enviou uma mensagem aos colaboradores que atenderam à campanha do Diário: “Quero agradecer muito, vieram muitas pessoas atrás da gente, mandaram mensagens de apoio, de fé, de amor, isso não tem preço, mas estamos no hospital direto, vamos ficar hospedadas na sede do Sindicato dos Engenheiros, de Barretos, cedida gentilmente pelo vereador Salata, então isso dificulta respondermos a tantas manifestações, mas estamos agradecidas, eu, a mãe do Tales e todos da família”.
Andressa revela que, até o momento, quase R$ 1,1 mil foram arrecadados das doações da campanha, diversas pessoas foram à casa da mãe do Tales, Anelisa, levando doações, alimentos, conforto espiritual. “As doações podem ser entregues na RS Papelaria, do Ademir e Vanessa, defronte a Igreja-Matriz de São José, como já divulgamos, uma vez que vamos passar o dia em Barretos, ou me liguem que eu vou buscar. Deus abençoe a todos. Muito obrigado por essa campanha. Agora, é orar pelo Tales”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here