As 85 mil mudas de árvores nativas, doadas pela Tereos, em novembro do ano passado, à Prefeitura de Rio Preto, recuperaram os 80% de área de reflorestamento da Floresta Estadual do Noroeste Paulista, destruída em dois incêndios, em setembro e outubro do ano passado. A conclusão do plantio em toda a região afetada foi concluída no último mês de janeiro.

As mudaram foram plantadas em uma área de 51 hectares, que equivale a 47 campos de futebol. Trata-se de uma das maiores doações já realizadas pela Tereos.

“Nosso compromisso com a sustentabilidade ambiental e com as comunidades onde estamos inseridos sempre foi um dos nossos pilares do Grupo, por isso decidimos por essa doação. Ação que faz parte do nosso programa de prevenção e combate a incêndios, implementados em todas as áreas que temos unidades produtivas. Cumprimos nossa responsabilidade social em reconstruir importantes áreas verdes”, afirma o gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Tereos, André Tebaldi.

A empresa mantém um viveiro de mudas de árvores nativas em sua unidade industrial Cruz Alta, localizada em Olímpia, com capacidade para produzir mais de 350 mil mudas anualmente. Ao longo dos últimos anos, foram mais de 870 mil mudas produzidas e mais de 370 mil doadas.

Para Rio Preto, foram doadas mais de 60 espécies, a maioria nativas da região e que possuem, portanto, grande adaptabilidade ao tipo de clima e solo local. Além de fornecer flores, muitas espécies terão frutos da região que servirão de alimento para a fauna nativa.

Ações de preservação e combate

Desde 2018, a Tereos conta com um sistema de monitoramento feito por meio de satélites operados por agências governamentais (entre elas a Nasa), que enviam alertas automáticos das ocorrências de incêndio diretamente à Central de Controle da empresa, o que permite respostas ágeis para o combate nas áreas atingidas.

As medidas têm auxiliado a companhia em suas sete unidades industriais de açúcar e energia a iniciar o protocolo de’ contenção de incêndios antes que o fogo se propague por áreas maiores.

Durante a safra 20/21, a Tereos seguiu investindo em medidas na luta contra o fogo. Para o controle rápido de focos de incêndio, a empresa adquiriu caminhonetes leves, equipadas para combater focos iniciais e com tração nas quatro rodas, conferindo agilidade no deslocamento. Além disso, o Grupo implantou o aplicativo Checklist de Aceiros, para monitorar e avaliar a limpeza e metragem desta importante barreira contra a propagação do fogo, entre outras funcionalidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here