A Saúde de Olímpia iniciou, nesta semana, a vacinação das pessoas entre 60 e 62 anos, mas tem registrado baixa procura nos pontos de imunização. Para este público, o município recebeu 1.825 doses da vacina AstraZeneca (Oxford/FioCruz) e, até o começo da manhã desta quinta-feira (06), ainda tinha em estoque 780 doses, o que representa cerca de 42% do total.

De acordo com o balanço da Vigilância Epidemiológica, a desaceleração na vacinação foi percebida pelo número de pessoas imunizadas por dia, sendo abaixo do esperado, comparado com a demanda inicial de faixas etárias anteriores. Tanto que, a princípio, o município havia feito escalonamento das idades, mas acabou adiantando a imunização devido ao baixo fluxo.

Diante disso, o município tem reforçado a importância dos moradores inseridos no grupo prioritário se imunizarem para dar continuidade à campanha e promover a cobertura vacinal para garantir a proteção da população contra a Covid-19.

Segundo a Saúde, a baixa na procura pode estar atrelada à marca da vacina, tendo em vista o relato das pessoas sobre as possíveis reações após a aplicação da AstraZeneca, além do intervalo entre as duas doses, que é de até três meses. O mesmo fato tem sido registrado em outras cidades em todo o país.

Pensando nisso, a médica pneumologista da rede Elaine Cesarette de Paula explica que todas vacinas disponíveis foram aprovadas pela Anvisa, tendo a segurança e a eficácia contra o vírus comprovadas e que é importante os moradores se imunizarem independentemente da marca, uma vez que todas as vacinas alcançam o mesmo propósito: a imunização.

Ainda sobre a AstraZeneca, o laboratório fabricante ressalta que, somente com a primeira dose, a eficácia geral é de 76%, podendo chegar a 82,4%, após a aplicação da segunda dose, com o devido intervalo, maior que a da Coronavac, que, de acordo com o Butantan, possui eficácia média de 50,38%, com imunidade criada apenas duas semanas depois da aplicação da segunda dose.

Sobre as reações causadas pela vacina, especialistas citam que, nas primeiras 48 horas, é possível que apareçam efeitos colaterais leves que também ocorrem em outras vacinas do calendário regular, como febre, dor de cabeça, dor no corpo, entre outras, mas que reações graves são raríssimas.

A vacinação em Olímpia para o público de 60 a 62 anos está disponível no salão da Fenossa, das 08h às 16h, e no drive-thru da Av. dos Olimpienses, das 8h às 18h. Para receber a vacina, é necessária a apresentação de um documento oficial com foto e CPF e ainda levar o Cartão Cidadão ou um comprovante de residência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here