As equipes da Secretaria de Saúde de Olímpia já se preparam a imunização de cerca de 5 mil crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19. Desde que o novo público foi inserido nos grupos da campanha pelo Ministério da Saúde, na última semana, o município traça estratégia de imunização, tão logo as doses cheguem.

Nesta quarta-feira (12), os responsáveis pela Divisão de Vigilância em Saúde passaram por uma capacitação do CVE – Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado sobre orientações para a nova etapa de vacinação.

Segundo documento técnico do Ministério da Saúde, a imunização ocorrerá por faixa etária com prioridade para crianças com deficiência permanente, indígenas, quilombolas ou com uma das comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde.

Posteriormente, a vacinação seguirá de forma escalonada para crianças sem comorbidades, começando pelos 11 anos até os 05 anos de idade, conforme cronograma a ser divulgado.

Vale ressaltar que a vacinação não é obrigatória e os pais ou responsáveis devem apresentar o termo de autorização para vacinação de menores de idade, cujo documento está disponível no site da Prefeitura. O formulário do atestado padrão, a ser preenchido pelo médico que acompanha o paciente, será liberado, em breve, no Portal Oficial.

Todas as informações sobre data, locais e horários da vacinação serão divulgados, assim que o município receber o lote de vacinas.

No entanto, os pais ou responsáveis já podem adiantar o processo, realizando o pré-cadastro na plataforma do Governo do Estado “Vacina Já”.

De acordo com estimativa do Cartão Cidadão Olimpiense, o município conta com cerca de 5 mil crianças na faixa etária do novo grupo.

Uma pesquisa do Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), apresentada pelo Governo do Estado nesta semana, aponta que 84% dos pais do Estado de São Paulo aprovam a campanha de vacinação infantil e pretendem imunizar seus filhos assim que as doses estiverem disponíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here